Jovens mortos no Minha Casa Minha Vida em Maricá, são enterrados

Os corpos dos gêmeos Tiago e Daniel Marins, de 22 anos, e de Maicon Alencar Coutinho, de 23 anos, foram enterrados nesta terça-feira (2), no cemitério municipal de Maricá. Crime aconteceu na noite de domingo (28).

153

Os corpos dos irmãos gêmeos Tiago e Daniel Marins, de 22 anos, e de Maicon Alencar Coutinho, de 23 anos, foram enterrados nesta terça-feira (2) em Maricá (RJ). Os três jovens foram mortos a tiros na noite do último domingo (28), no conjunto habitacional Minha Casa Minha Vida, no distrito de Itaipuaçu.

O corpo de Maicon Alencar foi o primeiro a ser sepultado, por volta das 12h, no cemitério municipal de Maricá. Maicon deixa uma filha de 6 anos e uma esposa grávida de 7 meses.

Tiago e Daniel foram enterrados por volta das 14h30, também no cemitério de Maricá.

A mãe dos jovens chegou a passar mal durante o sepultamento e precisou de atendimento médico.

“Todo mundo gostava deles, eles não tinham inimigo. Eles eram amigos de todo mundo”, contou Celia.

Os dois irmãos eram casados. De acordo com Celia Marins, Tiago havia anunciado recentemente para família que seria pai.

“Eles eram trabalhadores, não mexiam em nada de ninguém, eram educados. A família não esperava uma coisa dessas”, afirmou um tio dos gêmeos, Fabiano dos Santos.

De acordo com familiares, apenas Daniel morava no condomínio. Tiago tinha ido ao local para visitar o irmão.