URGENTE | Traficante entra com granada no trem da Supervia e ameaça explodir todo mundo

Em Parada de Lucas, um enfermeira de 28 anos foi baleada e morta na porta de casa

300

Rio – Passageiros dos trens da Supervia passaram por momentos de tensão, na manhã desta quinta-feira (4), na estação Vigário Geral.

Além de ficar no meio do fogo cruzado, um grupo foi feito de refém após bandidos armados invadirem uma composição e obrigarem que eles e o maquinista saíssem do transporte. A concessionária que administra o transporte disse que a Polícia Militar e o Grupamento de Policiamento Ferroviário (GPFer) foram acionados.

Segundo a polícia, Luanna da Silva Pereira foi baleada na cabeça e barriga e morreu ainda no local. A Delegacia de Homicídios da Capital (DHC) foi acionada para realizar a perícia do local.

A operação na região é realizada pela 38ª DP (Brás de Pina) e com apoio da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core), que através de denúncias da Supervia descobriu que traficantes de Parada de Lucas teriam montado uma banca de venda de drogas nas estações. Em nota, a concessionária diz que notificou as autoridades de segurança e que frequentemente vem pedindo apoio da polícia.  

Comentários