Cabo da PM é morto em São Gonçalo após ataque de bandidos

O cabo Bruno Oliveira, de 31 anos, entrou para a Polícia Militar em 2014 e era lotado no Grupamento de Ações Táticas

259

Um cabo da Polícia Militar do Grupamento de Ações Táticas (GAT) do 7º BPM (São Gonçalo) foi morto a tiros, na noite deste domingo (7), durante um confronto com bandidos que estavam em um carro roubado.

O crime ocorreu por volta das 21h45, no bairro Mutuapira, em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio. Em nota, a PM informou que o cabo Bruno Oliveira estava com uma equipe que patrulhava a Estrada da Covanca, quando houve o ataque por disparos de arma de fogo feitos por ocupantes de um carro. “Houve reação ao ataque criminoso.

Na ação, um policial militar ficou ferido”