Bocão do Povo – Veja os destaques da Política da Região dos Lagos desta Terça – Feira (09)

Impeachment do Zé; Cadê a sessão de quinta Alencar; Explica ai Midori!; Zé o revogador; Vanderson Gasolina; Deu bolo nos vereadores; Turismo do Pastel;

407

Impeachment do Zé

A Câmara de Cabo Frio pode abrir processo de impeachment contra o prefeito José Bonifácio (PDT). Ele cometeu infração político-administrativa, de acordo com a Lei Orgânica do Município, ao deixar de responder requerimento do vereador Vinícius Corrêa com pedido de informações sobre a vacinação contra a COVID-19 dentro do prazo de trinta dias estabelecido por Lei. O requerimento do vereador, aprovado na sessão do dia 2 de fevereiro e encaminhado ao prefeito no dia 8, solicita que o governo encaminhe a Câmara lista com nome, função e local de trabalho dos profissionais da saúde e dos idosos das instituições de longa permanência que foram vacinados na primeira fase do grupo prioritário. O artigo 68 da Lei Orgânica do município, estabelece que é infração político-administrativa do prefeito “desatender, sem motivo justo, aos pedidos de informações da Câmara Municipal, quando formulados de modo regular”. O Vereador Miguel Alencar disse na Sessão desta terça-feira que nenhum dos requerimentos encaminhado ao governo foi respondido de forma correta. O presidente, diante do infração político-administrativa do prefeito, entretanto, preferiu não cumprir a lei e encaminhar ofício ao prefeito José Bonifácio avidando que a infração pode ter consequências. — Espero que os requerimentos sejam respondidos da forma correta, porque a gente quer a informação. O secretário de Saúde pediu extensão de prazo, isso não existe, muito menos fora do prazo, afirmou Miguel. O presidente lembrou que o prefeito, em ofício encaminhado a Câmara no dia 14 informa que o pedido de informação foi encaminhado ao secretário de Saúde no dia 14 e que outros requerimentos também não foram respondidos.

Cadê a sessão de quinta Alencar?

A Câmara Municipal de Cabo Frio-RJ não faz uma sessão na quinta-feira desde a última presidência de Luis Geraldo (Republicanos) no ano passado. O atual presidente, Miguel Alencar (DEM), ainda não normalizou essas sessões às quintas-feiras. O povo cabo-friense está achando os vereadores da cidade muito preguiçosos, pois só estão trabalhando no plenário uma vez por semana, só às terças-feiras.

Explica ai Midori!

Os vereadores da Câmara municipal de Cabo Frio poderiam ter aprovado na Sessão desta terça-feira, requerimento convocando o Secretário de Saúde do município, Felipe Fernandes e a Superintendente de Vigilância e Saúde, Luci Helena Sanches Pires, para prestar esclarecimentos sobre o plano municipal de vacinação contra a COVID na cidade. Felipe e Luci tem muito a explicar, não aos vereadores mas, a sociedade cabo-friense que vê a pandemia do novo coronavírus na cidade ser agravada pela incompetência, despreparo, falta de transparência e pelo caos instalado na saúde. Convocar o secretário através de requerimento – que o obriga a comparecer – foi uma atitude louvável da vereadora Carol Midori, que está em sua primeiro mandato, e sabe que sociedade precisa de respostas e que Felipe é um servidor público que tem a obrigação de prestar contas e das as explicações necessárias diante dos inúmeros problemas da Saúde que ele não tem conseguido sanar. Carol, estranhamente, faltou a sessão, por motivos de saúde e, como determina o Regimento Interno da Câmara, a ausência do vereador autor, a matéria deve ser retirada de pauta, ou seja, a vereadora que propôs a convocação do secretário, impediu que ele fosse convocado.

Zé o revogador

O prefeito de Cabo Frio-RJ, José Bonifácio (PDT), tem até terça-feira (16) para revogar o decreto, o qual ele desapropria cerca de 200 famílias em São Jacinto. Houve um protesto hoje em frente à Câmara Municipal da cidade, onde as pessoas reivindicavam o direito de permanecer no local. Os vereadores deram um prazo para Bonifácio até o dia 16 de março para cancelar o despejo, caso contrário, os nobres edis vão passar um decreto legislativo derrubando o decreto do executivo. Participaram da sessão desta terça-feira (09): Roberto Jesus (MDB), Miguel Alencar (DEM- presidente da Casa), Oséias de Tamoios (PDT), Léo Mendes (DC), Jean da Auto Escola (PL), Vinicius Correa (PP), Luis Geraldo (Republicanos) Vanderson Bento (PTB), Alexandre da Colônia (DEM), Josias da Swell (PL) e Davi Souza (PDT) representando o governo.

Vanderson Gasolina

O vereador Vanderson Bento tem se mostrado muito ativo com relação a alta do combustível e marcou uma audiência pública para dia 24/03 as 10 hs na Camara de Cabo Frio. O vereador é o presidente da Comissão de Defesa do Consumidor CODECON. De acordo com o distanciamento de Cabo Frio para outros municípios você vai vendo os valores ficarem mais baixos. Com a economia do jeito que está, com o aumento dos preços de tudo, esse valor dos combustíveis é extremamente abusivo. Não podemos permitir esses aumentos constantes de forma arbitrária, precisamos de valores que estejam dentro da nossa realidade, nós já somos a 3ª gasolina mais cara do país, disse Vanderson.

Deu bolo nos vereadores

O secretário de Saúde de Cabo Frio-RJ, Felipe Fernandes, marcou uma reunião com os vereadores do município, mas não compareceu ao próprio encontro convocado por ele mesmo (Felipe Fernandes). O mais inusitado dessa história toda, é que o secretário protocolou 4 dias depois, após ter faltado a tal reunião, um ofício para à Câmara Municipal cancelando o compromisso. Os legisladores municipais cabo-frienses não entenderam nada e estão cobrando de Felipe uma explicação plausível para o fato.

Fora do Consórcio

Cabo Frio-RJ pode ficar de fora do Consórcio de Vacinas promovido pela Frente Nacional dos Prefeitos (FNP), porque à Prefeitura não enviou ainda para à Câmara Municipal o projeto de lei regulamentando a entrada do município nessa ação independente dos municípios brasileiros. O prazo para a lei estar aprovada na Casa Legislativa cabo-friense e sancionada pelo prefeito José Bonifácio (PDT), é até o dia 19 de março. Se Bonifácio não agir rápido, à cidade pode não fazer parte desse Consórcio Nacional de Vacinas das Cidades do Brasil.

Vacinação no Arraial

A Secretaria de Saúde de Arraial do Cabo-RJ esclareceu em nota oficial aos idosos do município, que aguarda o recebimento de mais doses da vacina contra a covid-19 para dar prosseguimento à imunização. As vacinas são encaminhadas aos municípios pela Secretaria de Estado de Saúde, que, por sua vez, as recebe do Ministério da Saúde. A Prefeitura informou, que quando chegarem novas doses da vacina contra o coronavírus, tudo será divulgado nas mídias oficiais da cidade: rede social e site com calendário e as faixas etárias. Arraial já vacinou um total de 1.545 pessoas, entre profissionais da área da saúde e idosos.

Não era Feriado

A Prefeitura de Arraial do Cabo-RJ esclareceu para a população do Município, que o dia de hoje, 9 de março. NÃO É FERIADO. A data se trata tão somente de uma homenagem ao navegador Américo Vespúcio, patrono da cidade. A nota se fez necessária, porque muitos cabistas achavam que esta terça-feira também era pra descanso.

Vacinação na Aldeia

A Prefeitura de São Pedro da Aldeia-RJ comunicou nas suas mídias oficiais, que o primeiro dia de vacinação contra a Covid-19 nos postos de saúde totalizou 653 doses aplicadas nos idosos de 78 anos ou mais. A ação continuará ao longo desta semana, obedecendo ao cronograma da faixa-etária do público-alvo.

Turismo do Pastel

Prefeitura apresenta estruturas turísticas e econômicas a representantes de empreendimento holandês. Consultores da empresa paulista Caio Calfat realizam um tour de reconhecimento das estruturas turísticas e econômicas de São Pedro da Aldeia. Os profissionais representam o empreendimento holandesa que possui um projeto para a construção de um hotel resort no bairro Praia Linda. A recepção aconteceu, inicialmente, pela secretária de Turismo, Andrea Tinoco, e pelo prefeito, Fábio do Pastel, em reunião realizada no gabinete da administração municipal nesta terça-feira (9).

Comentários