Vereador é despejado de seu gabinete e a briga termina da delegacia

335

BELFORD ROXO – As tretas em Belford Roxo voltaram a ser assunto de polícia, com a sessão desta terça-feira (16) na Câmara ganhando ares de octógono.

O vereador de oposição Danielzinho (PL) — o mesmo que foi despejado de seu gabinete no começo da legislatura — registrou uma ocorrência depois de uma briga nas galerias entre um apoiador seu e outro do prefeito Waguinho (MDB).

Que, curiosamente, são irmãos.

O 2º sargento da Polícia Militar Fábio Sperendio — lotado no gabinete do deputado estadual Márcio Canella (MDB) — botou o dedo na cara do irmão, Leandro, chamando-o de “bandido”, e foi levado do local.

Em suas redes sociais, Danielzinho postou uma foto ao lado de Leandro em frente à 52ª DP (Nova Iguaçu), e se refere ao policial como “segurança” de Waguinho. Ele também afirmou ter sido ameaçado de morte.

Na sessão de hoje, o vereador criticou as filas nos postos de vacinação.