Lockdown | Rio confirma feriado prolongado de 10 dias em meio à pandemia

Irá começar a partir da próxima sexta-feira (26) e acabar no Domingo de Páscoa (4)

804

O Governo do Estado do Rio de Janeiro deve anunciar, nesta segunda-feira (22),  a adoção de um feriado de 10 dias, entre 26 de março até 4 de abril, como medida de combate à pandemia da Covid-19. Os termos teriam sido acertados em reunião neste domingo (21), entre o prefeito do Rio, Eduardo Paes, e o de Niterói, Axel Grael, com o governador em exercício Claudio Castro.

As medidas determinam o fechamento de escolas públicas e particulares ao longo dos dez dias de feriado, bem como de praias, parques e clubes. O toque de recolher, que impede a permanência em espaços públicos, fica mantida das 23h às 5h, sendo proibida a venda de bebida alcoólica para pessoas em pé em qualquer horário.

Bares e restaurantes funcionam até às 23h, com permissão para delivery, drive-thru e retirada de pedidos para casa, mas a entrada de clientes está permitida só até 21h, com capacidade máxima em 50%.

O comércio funcionará das 8h às 17h e serviços, de meio-dia às 20h. Shoppings funcionarão com apenas 40% da capacidade, de meio-dia às 20h. Feiras ficam a critério dos proprios municípios.

Os transportes estão disponíveis das 5h à meia-noite, de segunda a sábado, e, aos domingos, das 7h às 23h, com fiscalização do uso de máscara e oferecimento de álcool gel nas estações de trem e metrô.  O fretamento de ônibus intermunicipais e interestaduais está liberado apenas para o transporte de trabalhadores.

Em caso de descumprimento das medidas, uma multa será aplicada. Valores ainda não foram definidos.