Novo recorde negativo: fila por leito de UTI no estado do Rio tem 710 pessoas

Painel de monitoramento da Secretaria Estadual de Saúde aponta ainda 279 aguardando um leito de enfermaria para Covid-19 na rede pública

414

A fila de pessoas que aguardam por um leito de UTI Covid no estado do Rio bateu um novo recorde. Até este domingo (28), há 710 pacientes aguardando uma vaga de tratamento intensivo na rede pública. Os dados são da Secretaria Estadual de Saúde. O número tem crescido diariamente: eram 634 pessoas na fila na sexta-feira, e 678 no sábado.

A média de espera da solicitação até a reserva em vaga de UTI está em 20h. Há, neste domingo, 118 pessoas em leito de UTI adulto, uma taxa de ocupação em 92,4%. Em relação aos leitos de enfermaria, há 105 pessoas ocupando e outras 279 na fila, uma taxa de ocupação de 78,9%.

Nas últimas 24h, o Rio de Janeiro registrou 83 novos óbitos e 1.986 novos casos. Ao todo, desde o início da pandemia, foram 36.109 mortes no estado e 640.467 casos.

No terceiro dia de medidas restritivas mais duras para conter a disseminação da Covid-19 na capital, a equipe de reportagem do RLAGOS flagrou cariocas tomando banhos de sol e mar na praia do Leme, na Zona Sul, neste domingo. Segundo o decreto da Prefeitura do Rio, até o dia 4 de abril, somente estão autorizados os esportes individuais na areia ou no mar.

Segue proibida a permanência de indivíduos nas areias das praias, em qualquer horário, conforme determinação da administração municipal. Por exemplo, está liberada a prática de corrida e caminhada, com o uso de máscara. Também estão autorizados natação e surfe. As regras valem até o próximo dia 4, quando termina o período do ‘superferiado’ adotado para evitar a propagação do vírus.