Estado do Rio tem o maior registro de mortes por Covid em 24 h desde junho e o 3º mais alto da pandemia

Foram 283 novos óbitos confirmados de segunda (29) para terça (30). Média móvel foi a 157 mortes/dia, com 59% de aumento em relação a 2 semanas atrás – já são 10 dias seguidos de alta.

190

O Rio de Janeiro atingiu nesta terça-feira (30) o terceiro maior número de mortes registrados em 24 horas desde o início da pandemia. Foram 283 óbitos confirmados, o maior índice desde o início de junho, quando houve dois recordes seguidos.

  • 30/3/21: 283 mortes
  • 4/6/20: 317 mortes
  • 3/6/20: 324 mortes

A média móvel de mortes está em alta (59%) há 10 dias, desde 21 de março. O índice chegou a 157 óbitos por dia.

Com 3,5 mil novos casos, a média móvel atingiu 2.394 casos/dia.

Principais números:

  • 283 mortes e 3.500 casos registrados em 24 horas
  • Total de óbitos36.432
  • Total de casos644.754
  • Ocupação: 92% na Rede SUS da capital, e 87,5% na rede estadual
  • 694 pacientes à espera de leito de UTI

Fila e ocupação

A subida nos números de mortes e casos começam a refletir o pior momento da pandemia no Rio, o que já é visto nos hospitais há algumas semanas.

taxa de ocupação está em 87,5% nos hospitais estaduais e 92% na Rede SUS da capital. Nesta tarde, quase 700 pessoas aguardavam na fila por um leito de UTI.

Na rede privada, a ocupação já está em torno de 85%, segundo a associação de hospitais particulares.

Comentários