Corpo de Agnaldo Timóteo será enterrado neste domingo no Rio

115

O corpo de Agnaldo Timóteo, de 84 anos, será enterrado na tarde deste domingo no cemitério Jardim da Saudade, em Sulacap, no Rio de Janeiro. O cantor morreu, na manhã deste sábado, vítima de complicações da covid-19.

Ele estava internado na UTI da Casa São Bernardo, na Barra da Tijuca, desde o dia 17 de março. No último dia 27, Agnaldo precisou ser intubado para “ser tratado de forma mais segura”.O velório será restrito a um pequeno número de parentes e não haverá cerimônia pública por conta das restrições impostas pela pandemia.

Nas redes sociais, alguns famosos lamentaram a morte do artista. Entre eles: Sonia Abrão, Wesley Safadão, Roberta Miranda e Serginho Groisman.

Agnaldo Timóteo Pereira, mais conhecido como Agnaldo Timóteo, nasceu em Caratinga, Minas Gerais, em uma família humilde. Começou a carreira artística cantando em circos, mas só foi notado nos fim dos anos 50 ao cantar em programas de calouro em rádios de Caratinga, Governador Valadares e Belo Horizonte. O artista, que interpretava canções de Cauby Peixoto, logo ficou conhecido “Cauby mineiro”.

Nesta época, ele conciliava as apresentações com o trabalho de torneiro mecânico.Nos anos 60, em Belo Horizonte, ele conheceu a cantora Ângela Maria em um show e recebeu da ídola o conselho para que ele fosse ao Rio de Janeiro, onde teria mais chances como cantor. Agnaldo seguiu o conselho dela e se mudou para a Cidade Maravilhosa. Sem trabalho, ele pediu um emprego para a cantora e começou a trabalhar de motorista para ela.

Com o aval de sua patroa, em 1961, o artista lançou um 78 rotações com “Sábado no Morro” e “Cruel Solidão”. No entanto, nenhum dos dois estouraram. Já em 1963, pela Philips, gravou o compacto duplo “Tortura de Amor” de Waldick Soriano, um trabalho mais romântico.

As 180 cópias foram vendidas de mão em mão pelo próprio artista.No entanto, em 1965, o sucesso chegou após ele cantar ‘A casa do sol nascente’, versão em português da música The house of the rising sun, tradicional tema folk que o grupo inglês The Animals gravou em 1964, em um programa exibido pela TV Rio, já extinta.

Devido a isso, ele assinou um contrato com a Odeon, gravadora na qual permaneceu por 20 anos até ser dispensado em 1985, e lançou um primeiro álbum intitulado Surge um astro (1965), um disco de versões de sucessos internacionais lançado naquele ano, foi sucesso de vendas.

Desde então, Agnaldo Timóteo se consagrou. Em 1967, lançou “Meu grito”, música inédita de Roberto Carlos, então o rei da juventude brasileira. Depois dela, vieram vários sucessos como “Ave-Maria”, “Mamãe” e “Os Verdes Campos De Minha Terra”.

Comentários