Região sai da bandeira roxa para vermelha no Mapa da COVID-19

406
Medical staff push a patient on a gurney to a waiting medical helicopter at the Emile Muller hospital in Mulhouse, eastern France, to be evacuated on another hospital on March 17, 2020, amid the outbreak of the new Coronavirus, COVID-19. - A strict lock down requiring most people in France to remain at home came into effect at midday on March 17, 2020, prohibiting all but essential outings in a bid to curb the coronavirus spread. The country has reported 148 deaths from the virus, a number that health experts warn could soar in the coming days, seriously straining the hospital system. (Photo by SEBASTIEN BOZON / AFP)

ESTADO DO RIO – A Baixada Litorânea, que inclui os municípios da Região dos Lagos deixou a bandeira roxa – risco muito alto – e foi classificada com a bandeira Vermelha – risco alto – segundo o novo Mapa da COVID divulgado nesta sexta-feira pela Secretaria de Estado de Saúde. As regiões do Médio Paraíba, Centro-Sul, Norte, também sairam da bandeira roxa para a vermelha, o que aponta para uma melhora nos parâmetros epidemiológicos. O Mapa de Risco mostra que a situação da pandemia se encontra em risco muito alto (roxo) no Estado do Rio.

As regiões da Baía da Ilha Grande, Noroeste e Metropolitana II seguem com bandeira vermelha (risco alto). Já as regiões Serrana e Metropolitana I estão classificadas com bandeira roxa (risco muito alto. 

A análise compara a semana de 21 a 27 de março com a de 7 a 13 março. O estado apresentou aumento de 44% no número de óbitos e de 7% nos casos de internações por síndrome respiratória aguda grave (SRAG) na comparação do período analisado. 

As taxas de ocupação de leitos SUS no estado, nesta sexta-feira (9), estão em 90% para leitos de UTI e em 75% para leitos de enfermaria.

Distribuição de vacinas – A Secretaria de Estado de Saúde (SES) realizou nesta sexta-feira (09) a 12ª entrega de vacinas contra Covid-19 aos 92 municípios do estado. Foram distribuídas 431.500 doses, sendo 195.400 de CoronaVac e 236.500 de Oxford/Astrazeneca.

Kit intubação – Nesta sexta-feira (9), a SES também entregou medicamentos do chamado “kit intubação” a 74 unidades de saúde de todo o estado que atendem pacientes em tratamento de Covid-19. Entre os itens distribuídos, estão: atracúrio, propofol e morfina, medicações fundamentais para o tratamento de pacientes internados em estado grave em UTI. Em reunião com o Ministério Público Federal, Ministério Público do Estado do Rio e Defensoria Pública do Estado e da União, a SES informou que está entregando todo o estoque de medicação do “kit intubação” aos municípios e hospitais.