Colapso na Saúde | Homem dá entrada para realizar cirurgia vascular e morre de covid-19 no Hospital Alcides Carneiro em Petrópolis

186

PETRÓPOLIS – A alta na taxa de ocupação dos leitos disponibilizados pelo Sistema Único de Saúde (SUS) para paciente com covid-19 e o elevado número de mortes em decorrência da doença estão longe de serem os únicos indícios do colapso da Saúde em Petrópolis.

Depois de uma semana com recordes de mortes divulgadas em 24 horas e a ausência de médicos nos pontos de apoio à pacientes com sintomas de coronavírus, uma denúncia sobre as condições precárias no atendimento do maior hospital público da cidade, o Alcides Carneiro (HAC), evidencia que a situação da saúde pública é gravíssima e está longe de terminar.

Familiares de Márcio Carvalho Alves, de 56 anos, denunciam que ele foi vítima de negligência no HAC.

O paciente deu entrada no hospital no dia 17 de março para amputação dos dedos dos pés e morreu, na última terça-feira (6), em decorrência da covid-19.

Segundo os parentes, ele foi contaminado dentro da unidade de saúde pública por falta de cuidados básicos, limpeza e higienização.

Comentários