Homem suspeito de envolvimento em assassinato em Três Rios é detido em Petrópolis

211

PETRÓPOLIS – Um homem foi detido nesta sexta-feira (9) no bairro Duques, em Petrópolis, na Região Serrana do Rio, suspeito de envolvimento na morte de Jonas Maximiano Ribeiro Filho, na cidade de Três Rios. O crime aconteceu na madrugada do dia 28 de março, no bairro Habitat.

De acordo com a Polícia Civil, o suspeito tem 18 anos e é um dos cinco procurados por envolvimento no crime. O homem foi encontrado na casa de parentes, no bairro Duques, acompanhado de um adolescente, também envolvido no assassinato.

No dia do crime, Jonas estava acompanhado de dois amigos que testemunharam toda a ação criminosa e também se tornaram alvos dos disparos realizados pelo grupo.

Jonas morreu a poucos metros da casa de um irmão de criação com os diversos ferimentos de tiros. A motivação do crime seria uma briga entre facções.

Segundo a polícia, o grupo apontado como responsável pela morte de Jonas é responsável por um conflito entre facções no bairro Habitat, em Três Rios.

A prisão foi realizada por policiais militares dos batalhões de Petrópolis e Três Rios, além de policiais civis das duas cidades. A investigação conjunta entre as polícias das duas cidades começou minutos após o homicídio.

A investigação

De acordo com o delegado de Três Rios, Claudio Batista, dias após o crime, a polícia recebeu denúncias de que homens estariam andando armados pelo bairro e intimidando os moradores. Durante a investigação, surgiram indícios de que os homens teriam ligação com o assassinato.

O delegado titular da 108ª DP (Três Rios), representou pela prisão de cinco adultos e pela apreensão de um adolescente.

Ainda segundo a polícia, todos os investigados já tinham sido presos em datas recentes após serem surpreendidos em situação de tráfico de drogas, mas foram soltos após a audiência de custódia.

O adolescente investigado foi apreendido em flagrante em janeiro deste ano após ser encontrado em poder de uma arma e munições. Ele também foi solto por ocasião de sua audiência.

O homem preso nesta sexta confessou envolvimento no crime, participação no tráfico de drogas, em associação criminosa com finalidade de tráfico e detalhou a conduta dos demais. Após ser interrogado, o preso foi encaminhado para uma unidade prisional da cidade do Rio de Janeiro onde passará por uma audiência de custódia.

O adolescente foi apresentado ao Ministério Público e deve ser internado provisoriamente.

Segundo o delegado responsável pelas investigações, já há farto material coletado que indica que a vítima sofreu uma emboscada e teve a defesa prejudicada.

Outro suspeito já havia sido preso na semana passada após ser apontado como líder do grupo e mentor do crime.

As diligências continuam para tentar localizar e prender os outros investigados.