Operação da Civil prende Miliciano ‘SAFADÃO’ que matou criança de 9 anos e por furto de combustível em Cabo Frio

382

CABO FRIO – A Polícia Civil prendeu neste sábado homem suspeito pela morte de uma menina em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Wesley Muniz Pollete, conhecido como “Safadão”, 38 anos, teria sido o responsável pela perfuração de um poço usado no furto de combustível onde Ana Cristina Pacheco Luciano, de 9 anos, caiu, em 2019.

Segundo agentes da Delegacia de Roubos e Futos de Automóveis (DRFA), Wesley seria integrante de uma milícia que atua no município da Baixada, mas foi preso em Cabo Frio, na Região dos Lagos.

Ana Cristina morreu após dias internada em um hospital com queimaduras em 80% do corpo. A menina teria sido queimada em uma poça de combustível gerada pela perfuração da quadrilha. À época, tanto a mãe da menina quanto a vó foram consideradas suspeitas envolvimento no esquema de furto.

De acordo com a DRFA, para realizar a prisão do “Safadão” foi necessária a utilização de uma embarcação. Ele também era procurado por disparar contra policiais em uma fuga no ano passado.

Comentários