Técnica de enfermagem é detida furtando dose da CoronaVac para o marido

208

SÃO GONÇALO – A Polícia Civil abriu inquérito para investigar uma técnica de enfermagem e uma supervisora técnica do Posto de Atendimento Médico (PAM) do bairro Neves, em São Gonçalo, Região Metropolitana, sob a suspeita de furto de frascos da vacina contra o novo coronavírus. A mulher foi detida nesta terça-feira (13), enquanto seguia para casa, com um vidro da vacina.

De acordo com a Polícia Civil, a mulher, que teve o nome preservado, foi abordada por agentes do Programa de Segurança São Gonçalo Presente. Durante a abordagem, ela teria mostrado nervosismo e entrou em crise de choro assim que os policiais encontraram o frasco dentro da bolsa.

A profissional declarou, em depoimento, que o material seria jogado no lixo e recebeu a autorização da supervisão do posto para que levasse a dose para casa, onde aplicaria no marido. Ela ainda contou que a diretoria não estava ciente do caso.

O caso foi registrado na 73ª DP (Neves). Segundo a polícia, um procedimento foi instaurado e testemunhas serão ouvidas. A mulher prestou declarações e foi liberada.

A Prefeitura de São Gonçalo informou que os profissionais envolvidos foram afastados até que o caso seja concluído.

A Secretaria Municipal de Saúde repudia a prática adotada pela técnica de enfermagem e reforça todos os profissionais são orientados a seguirem as determinações do Ministério da Saúde.