Polícia Civil prende mulher que abandonou feto dentro de saco de lixo

Acusada confessou em depoimento que tomou chá abortivo

185

RIO – Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) prendeu em flagrante, nesta quarta-feira (14), uma mulher suspeita abandonar um recém-nascido na Rua Belkiss, no bairro Coelho da Rocha, em São João de Meriti. A mulher admitiu para os policiais que tomou chá abortivo para interromper a gravidez o bebê foi encontrado dentro uma sacola plástica, no mesmo dia do crime.

Uma equipe do 21º BPM (São João De Meriti) foi acionada por moradores da região para averiguar o caso e, chegando no local, constaram que o bebê estava sem vida.

O caso foi inicialmente registrado na 64ª DP (São João de Meriti), mas a DHBF assumiu as investigações.A pena de reclusão para casos de abandono e maus-tratos de incapazes e idosos passou de 4 a 12 anos para 8 a 14 anos se as ações resultarem em morte ou lesão grave.