Polícia Civil prende PMs envolvidos em assassinatos em Caxias

Policiais Militares fariam parte de uma milícia que atua no bairro Jardim Anhangá

410

Três policiais militares envolvidos em um dois assassinatos foram presos, nesta quinta-feira. De acordo com as investigações da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF), os PMs fariam parte de uma milícia que atua no bairro Jardim Anhangá, em Duque de Caxias.

Na ação, os agentes apreenderam uma pistola, uma carabina, um revólver calibre 38, quatro carregadores e munições. As identidades dos policiais militares não foram divulgadas. Os policiais teriam matado um homem, em dezembro de 2020, com suposto envolvimento com traficantes da região. A segunda vítima foi morta por ser amiga do homem assassinado. Os milicianos souberam que ela teria avisado que estava marcada para morrer. Os crimes aconteceram em um intervalo de trinta minutos. 

A investigação indicou a participação de quatro pessoas, sendo três policiais militares que, após indiciados no inquérito, foram denunciados e respondem como réus em ação penal. A ação foi em cumprimento de mandados de prisão preventiva e contou com apoio da Polícia Militar, por meio da 3ª Delegacia de Polícia Judiciária Militar (DPJM).