Prefeito de Campos Wladimir Garotinho pode interromper imunização por falta de vacina e decretar lockdown na cidade

173

CAMPOS DOS GOYTACAZES – A campanha de vacinação em Campos pode ser suspensa caso o município não receba suficientes lotes de imunizantes, informa o prefeito Wladimir Garotinho (PSD), através das redes sociais nesta quarta-feira (14).

Diante da elevação dos casos e óbitos e da interrupção do processo de imunização da população, o chefe do Executivo também alerta que pode decretar o lockdown nos finais de semana, que incluiria o fechamento de supermercados, farmácias e a circulação de ônibus aos sábados e domingos para frear os índices de contaminação.

Apesar de Wladimir não ter anunciado a possibilidade de voltar a fechar o comercio todos os dias, a interrupção da vacinação deixa Campos com o risco de lockdown total.

“Infelizmente, o Ministério da Saúde enviou poucas doses de vacina, apenas 4.170. Caso não envie mais o calendário será que ser suspenso a partir de sexta-feira, pois a quantidade está destinada à segunda dose daqueles que receberam a primeira. A vacinação retornará assim que novas vacinas chegarem”, avisou Wladimir.

A possibilidade de um lockdown nos finais de semana foi cogitado pelo prefeito no inicio desta semana.

O município recebeu nesta quarta-feira (14), 4.170 doses da vacina contra a Covid-19 de Oxford/AstrazeNeca. Desta vez não houve entrega de Coronavac.