A BALA VOOU | Dois traficantes e um PM, morrem em troca de tiros em São Gonçalo

A equipe do Batalhão de Rondas Especiais e Controle de Multidão (RECOM) foi atacada quando realizava patrulhamento pelo Porto do Rosa, segundo a corporação

279

RIO – Um policial militar, lotado no Batalhão de Rondas Especiais e Controle de Multidão (RECOM), morreu, na manhã deste domingo, durante um confronto com criminosos no Porto do Rosa, em São Gonçalo, Região Metropolitana do Rio. Na ação, três homens, ainda não identificados, também morreram e outro ficou ferido.

De acordo com a corporação, a troca de tiros aconteceu, por volta das 11h, na Estrada da Covanca, quando a equipe policial realizava patrulhamento e foi atacada por bandidos. PMs do 7º BPM (São Gonçalo) chegaram a ser acionados para o local, para apoiar os colegas de farda.

O militar de 37 anos, teria sido atingido por, pelo menos, dois tiros. Ele e outro homem, ainda não identificado, que também foi baleado, foram socorridos juntos para o Hospital Estadual Alberto Torres (Heat), em São Gonçalo. Entretanto, ambos não resistiram aos ferimentos, de acordo com a assessoria de imprensa da unidade. A Polícia Militar informou que o homem era suspeito e portava uma pistola calibre 9mm, que foi apreendida. 

Momentos depois, outros dois rapazes, também sem identificação até o momento, que teriam sido baleados nessa mesma ocorrência, deram entrada no Pronto Socorro Central (PSC) de São Gonçalo. De acordo com populares que estavam na unidade de saúde, eles foram socorridos por moradores que foram obrigados a levá-los até o hospital.

Um terceiro homem também deu entrada no PSC de São Gonçalo, por volta das 12h20, mas já chegou sem vida na unidade. 

Em nota, a Polícia Militar informou que a equipe do RECOM estava em patrulhamento na Estrada da Covanca, Porto do Rosa, em São Gonçalo, quando foi atacada a tiros.”Houve confronto. Um policial militar e um suspeito foram atingidos. Eles foram socorridos ao Hospital Estadual Alberto Torres (HEAT), em São Gonçalo, mas não resistiram aos ferimentos. A ocorrência está em andamento”, informou.