‘Fiquei fumadão e não deu pra ir pro Tetel chamei no carro mesmo’, diz PK Delas após prisão por atentado ao pudor

454

Depois de ser preso por atentado ao pudor, na noite da última sexta-feira, por fazer sexo com duas moças dentro de um carro em frente a Praia da Barra da Tijuca, o cantor PK Delas se pronunciou sobre o episódio. Neste sábado (24), ele usou as redes sociais para contar que amanheceu com vários policiais dentro de sua casa.

“Daqui a pouco vão mandar o Bolsonaro na minha casa também. (…) A gente já não tem mais privacidade. (…) Brincadeira! Vamo embora, né. Partiu delegacia. Mais de 50 homens na minha casa. Nem a UPP tem essa quantidade de polícia aí”, disse o Mc.

PK ainda afirmou que ele e as duas mulheres terão que ir novamente à 16ª delegacia da Barra para prestar novos esclarecimentos. Por fim, ele emitiu um comunicado nas redes sociais debochando, mais uma vez, da situação.

“Fui preso por fazer sexo dentro do carro. HAHA, brincadeira! Eles tinham que ser presos por atrapalhar! O motel tava muito caro, meu ‘cupadi’. Torrei tudo no quiosque, fiquei fumadão e não deu pra ir pro Tetel. Já tava na maior maluquice. E outra coisa que eu vou falar pra vocês: não vai ser a primeira e nem a última vez que isso vai acontecer. O povo nasceu pra ser livre e não seguir o que a sociedade obriga. Eu sou doidão, moça. Eu sou o próprio, não existe outro”, escreveu ele nos stories do Instagram.   

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor coloque seu comentário!
Por favor coloque seu nome aqui