Bocão do Povo–Veja os destaques da Política da Região dos Lagos desta Terça – Feira (27)

Aquiles trama contra a reforma; Pulador de cerca; Zé nada em dinheiro; Um ano de atraso; Vereadores a vergonha do povo; Miguel bota no Zé; Sputinik V – Negada; E agora José?; Zé veta MC POZE; Bento das indicações; Zé dos Aposentados

328

Aquiles trama contra a reforma

O projeto da Reforma Administrativa tramita a passos lentos na Câmara de Cabo Frio, segundo fontes do RLagos, por determinação do secretário de governo Aquiles Barreto. Ele trama contra o projeto porque sabe que a reforma vai sair da Câmara completamente desfigurada. As Emendas dos vereadores devem acabar com uma série de cargos com altos salários , entre eles, as secretarias-ajuntas, uma das principais moedas de troca do governo em busca de apoio político. A ideia é fazer com que o projeto tenha uma tramitação interminável ou repouse no fundo de uma gaveta de uma comissão qualquer até ser esquecida..

Pulador de cerca

Um grande político de Cabo Frio, anda pulando a cerca por aí, o mesmo está sendo chamado de comedor, anda pegando geral, não tá perdoando nem as velinhas. O mesmo é ligado a vários políticos da cidade. Os maridos que segurem suas donas, se não ele vem e passa o cerol.

Zé nada em dinheiro

O prefeito de Cabo Frio, José Bonifácio, está nadando em dinheiro. O papo de crise é mi-mi-mi. Cabo Frio recebeu nesta terça-feira, da Agência Nacional de Petróleo (ANP) o segundo maior repasse do ano de royalties: R$ 21 milhões 292 mil Reais. Quem acredita na crise do governo, não sabe que de janeiro até hoje, Cabo Frio recebeu, só de repasses da ANP por conta dos royalties a quantia milionária de pouco mais de R$ 77 milhões de Reais. A ANP repassou pouco mais de R$ 15 milhões em janeiro; R$ 17 milhões em fevereiro; R$ 22 milhões em março – recorde do ano – e R$ 21 milhões nesta terça-feira.

Um ano de atraso

O prefeito de Iguaba Grande, Vantoil Martins, decidiu um ano depois do início da pandemia e da suspensão das aulas, utilizar os recursos da merenda enviados pelo governo federal para compra de kits de alimentação para os alunos da rede municipal.
A prefeitura acumulou R$ 672 mil Reais repassados pelo programa nacional de alimentação escolar, desde o ano passado, que somados aos repasses dos primeiros meses deste ano, serão utilizados na compra das cestas básicas. Os 4.600 estudantes que deverão ser beneficiados com os kits de alimentação, entretanto, ainda terão que esperar as formalidades legais de licitação para compra dos alimentos.

Vacinação vira aglomeração em cabo Frio

O primeiro dia de vacinação contra a COVID-19 em 16 postos de saúde nos bairros de Cabo Frio foi marcada pela desorganização e por aglomeração de idosos. O secretário Felipe Fernandes, mais uma vez, deu um show de incompetência e provou que não sabe nem organizar uma fila de vacina. O que se viu na Posto da Praia do Siqueira foi espantoso. As pessoas aglomeradas a espera da vacinação e muitas reclamações. Vergonha.

Vereadores a vergonha do povo

A Câmara Municipal de Cabo Frio derrubou, na sessão desta terça-feira (27), o decreto legislativo que tornava sem efeito a reforma administrativa do prefeito José Bonifácio que criou 43 cargos de secretário-adjunto com salários de quase R$ 8 mil. O projeto derrubado, por incrível que pareça, era de autoria e estava assinado por todos os vereadores, mas a unanimidade não resistiu ao tempo de tramitação e por 10 votos a 5 acabou arquivado. Os dez vereadores que votaram contra o projeto que eles mesmo assinaram e contra o povo cabofriense foram: Léo Mendes, Oséias de Tamoios, Thiago Martins, Vanderson Bento, Rodolfo de Rui, Josias da Swell, Jean da Auto Escola, Alexandre da Colônia, Luis Geraldo Simas e Thiago Vasconcelos. Votaram contra o trem da alegria e a farra administrativa do governo José Bonifácio os vereadores Roberto de Jesus, Vinicius Corrêa, Alexandra Codeço, Adeir Novaes e Caroline Midori.

Miguel bota no Zé

O presidente da Câmara Municipal de Cabo Frio-RJ, Miguel Alencar (DEM), afirmou que irá convocar uma reunião de urgência com o prefeito José Bonifácio (PDT), para discutir o porquê os requerimentos da Casa legislativa da cidade enviados ao chefe do executivo cabo-friense não são respondidos pelo mesmo. Miguel acha uma falta de respeito do prefeito para com o poder legislativo e com a população, a não resposta de Bonifácio aos questionamentos dos nobres edis.

Sputinik V – Negada

Dentro do prazo legal, após a solicitação do laboratório Russo a vacina Sputinik V foi rejeitada. Falta de informações, documentos e até mesmo ineficiência. A ANVISA precisou dar uma blitz no Laboratório Gamaleya pra enfim dar o veredito unânime. ” – No caso da vacina Sputnik V, um dos pontos críticos e cruciais que nós observamos foi a presença de adenovírus replicante na vacina. Isso significa que o vírus que deve ser utilizado apenas para carrear material genético do  coronavírus para as células humanas e assim promover a resposta imune, ele mesmo se replica. Esse procedimento está em desacordo com o desenvolvimento de qualquer vacina de vetor viral”, afirmou Mendes.

E agora José?

Em Cabo Frio o governo deixou de pagar fornecedores, salários atrasados, luz, água e pediu autorização pra Câmara dos Vereadores pra comprar 100.000 doses da vacina Sputinik V. E agora José? Enrolou o povo com esse papo furado comprando uma vacina que não funciona! O que tu fez com o dinheiro??? Que vergonha, nosso povo merece ser respeitado, não nos faça de bobo!
A pergunta que não quer calar é: “Mesmo com vacinas aprovadas pema ANVISA e usadas pelo Brasil, por que entrar no “Consórcio Russo”? Zé, meu braço está aqui, vai me enrolar até quando?

Zé veta MC POZE

O prefeito de Cabo Frio Bonifácio vetou o Projeto, da vereadora Carol Midori, mais conhecida como a “MC POZE”. Bonifácio vetou o projeto com a seguinte justificativa de que houve vício de iniciativa, ou seja que a iniciativa desse projeto compete exclusivamente ao executivo. O veto foi para Comissão de Constituição e justiça que dará o parecer favorável ou contra o veto. Midori disse que o projeto de Lei Institui e regulamenta a castração no município de Cabo Frio, inclusive regulamentando o programa do castramóvel, não existe vício de iniciativa. A nobre vereadora agora MC espera contar com a ajuda dos vereadores para que esse veto seja derrubado e o seu projeto aprovado. Não tivemos até hoje com essa nova gestão nenhuma castração por parte da prefeitura, eu e diversas outras protetoras estamos tentando ajudar os animais de Cabo Frio com recursos próprio, Cabo Frio precisa avançar na proteção animal, e por isso conto com o apoio de vocês, finalizou Midori desabafando nas redes sociais.

Bento das indicações

O vereador Vanderson Bentos tem se empenhado muito para ajudar a população cabofriense, o nome vereador solicitou na sessão dessa terça – fera (27), para a rede pública de saúde fornecer cilindro com oxigênio e aparelhos auxiliares da respiração para uso em domicílio aos pacientes que necessitam, desse recurso. Uma outra indicação do nobre foi para que o governo providencie o aumento de leitos de UTI para ao combate ao novo corona vírus- Covid19, vamos aguardar se o nobre prefeito vai aceitas as reivindicações do nobre vereador ou vai vetar igual da MC POZE.

Zé dos Aposentados

Nesta terça-feira (27), aposentados e pensionistas do Instituto de Benefícios e Assistência aos Servidores de Cabo Frio (Ibascaf) recebem, de forma antecipada, o pagamento referente ao mês de abril. O valor será creditado para 1.697 beneficiários em um total de R$ 6.005.041,63.De acordo com o estatuto do servidor de Cabo Frio, o pagamento do salário para trabalhadores da ativa e aposentados deve ser efetuado até o quinto dia útil do mês subsequente ao vencido. No entanto, desde o início da atual gestão, o pagamento aos beneficiários do Ibascaf vem sendo feito de forma antecipada ainda dentro do mês vigente, conforme prometido em campanha pelo prefeito José Bonifácio.Carlos Alberto Cardozo, presidente do Ibascaf lembrou que, com 35 dias do novo governo, houve a quitação de uma dívida histórica com aposentados e pensionistas referente à parte que faltava do 13º salário de 2016 para 1.140 beneficiários, totalizando R$ 1.029.586,67. No início de fevereiro, o município também quitou a parcela que faltava do 13º salário de 2020 para 1.612 beneficiários do Ibascaf. O total do pagamento foi de R$ 1.496.553,83, restando ainda o acerto do salário de dezembro, deixado em aberto pelo governo anterior.