O PAU CANTOU | PROCON autua dez farmácias em São Pedro da Aldeia por irregularidade

Ação do Procon contou com o apoio do Conselho Regional de Farmácia do RJ e a secretaria de Fazenda. Entre as irregularidades estavam medicamentos vencidos e a ausência de farmacêutico responsável.

240

Uma operação do Procon de São Pedro da Aldeia, na Região dos Lagos do Rio, em conjunto com o Conselho Regional de Farmácia do Rio De Janeiro (CRFRJ) e a secretaria de estado de Fazenda (SEFAZ), autuou dez farmácias de 16 farmácias fiscalizadas na cidade.

As fiscalizações aconteceram na terça (27) e quarta-feira (28).

Entre as irregularidades encontradas estavam medicamento acondicionados inadequadamente, aplicação de injetáveis em área imprópria, materiais perfuro-cortantes sem local para descarte, venda de produtos vencidos ou próximos ao vencimento sem especificação, ausência de farmacêuticos responsáveis durante o horário de funcionamento, o que é obrigatório, além de geladeiras para armazenamento em temperatura inadequada e falta de acessibilidade para pessoas com deficiência.

De acordo com o Procon, um dos estabelecimentos chegou a fechar as portas durante um período para tentar evitar a fiscalização. Eles reabriram após o fim do expediente dos órgãos públicos, mas foram fiscalizados.

Com documentação irregular por ausência de farmacêutico responsável desde 2020, a farmácia continuava recebendo e comercializando remédios de uso controlado. De acordo com o Procon, neste caso, a loja e o fornecedor dos medicamentos serão autuados.

O coordenador do Procon Aldeense, Marcio Lisboa, ressaltou a importância das ações conjuntas. “Temos mantido a integração com os demais órgãos fiscalizadores, para além da esfera municipal. Estas parcerias garantem ainda mais segurança aos aldeenses. O objetivo é que eles tenham à disposição produtos e serviços com cada vez mais qualidade”, afirmou.https://tpc.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

Os estabelecimentos advertidos têm o prazo de 15 dias para responderem ao processo administrativo e se adequarem às diretrizes.