Trem do metrô da Cidade do México cai em avenida e deixa dezenas de mortos e feridos

200

Vagões do metrô descarrilaram e despencaram após um viaduto desabar na noite desta segunda-feira na Cidade do México (horário local, madrugada de terça-feira no Brasil).

Ao menos 23 pessoas morreram e 65 ficaram feridas, segundo a prefeita da capital mexicana, Claudia Sheinbaum. Há crianças entre as vítimas e 7 feridos estão em estado grave.

Nesta reportagem você vai ver:

  • Viaduto do metrô desabou na Cidade do México, capital do país
  • Vagões com passageiros caíram e atingiram carros em avenida
  • Ao menos 23 pessoas morreram e 65 ficaram feridas
  • Feridos conseguiram sair dos vagões por conta própria
  • Uma pessoa saiu com vida de automóvel que foi esmagado
  • Resgate precisou ser suspenso devido ao risco de colapso da estrutura
  • Linha 12 é a mais nova e mais extensa do metrô da Cidade do México
  • Comparativo entre os metrôs da Cidade do México e de São Paulo

O viaduto da linha 12 do Metrô da cidade, que vai de Mixcoac a Tláhuac, ruiu entre as estações Los Olivos e Tezonco por volta de 22h30 (horário local, 0h30 de terça-feira em Brasília).

A estrutura e dois vagões desabaram sobre veículos que circulavam na avenida Tláhuac.

Vários feridos conseguiram sair dos vagões por conta própria e uma pessoa saiu com vida de um automóvel que foi esmagado pelos escombros do viaduto, segundo a prefeita.

Dezenas de socorristas e bombeiros trabalharam durante a madrugada para retirar passageiros dos escombros, mas o resgate precisou ser interrompido pelo risco de colapso.

“Por enquanto, interrompemos o resgate porque o metrô está muito instável. Uma grua vai chegar para ajudar”, afirmou a prefeita da Cidade do México.

Segundo Sheinbaum, aparentemente uma viga da estrutura do metrô cedeu, mas a causa do acidente ainda será investigada.