O corpo do ator e humorista Paulo Gustavo não será velado no Theatro Municipal do Rio a pedido da família, após varias criticas na redes sociais familiares mudaram de opinião, Paulo foi vitima da Covid-19, por motivos da doença não pode ter velório.. Haverá apenas uma cerimônia de cremação restrita a poucos amigos e familiares, nesta quinta-feira (6). Segundo sua assessoria, o local não será divulgado para evitar aglomerações durante a pandemia. Paulo Gustavo morreu na noite de terça-feira, aos 42 anos, por complicações de Covid-19. Ele ficou 53 dias internado em um hospital da Zona Sul do Rio.

“O Theatro Municipal do Rio de Janeiro está à disposição da família e dos amigos do grande ator e humorista Paulo Gustavo para qualquer apoio e homenagem no momento que estes julgarem oportuno. Aguardaremos qualquer novo contato da família e dos amigos do humorista”, informou a equipe de comunicação do Municipal.

O humorista, cujo corpo foi retirado do hospital Copa Star, em Copacabana, na tarde desta quarta-feira sob forte esquema de segurança, travou uma longa batalha contra a doença desde a sua internação, no dia 13 de marçoo. No dia 2 de abril, seu estado de saúde se agravou e a equipe médica decidiu iniciar terapia por ECMO (Oxigenação por Membrana Extracorpórea), que funciona como um pulmão artificial.

Ele estava intubado desde o dia 21 de março e vinha apresentando melhoras discretas em seu quadro. Entre domingo e segunda-feira, porém, o ator teve sua situação agravada em decorrência de uma fístula bronquíolo-venosa, que permitiu a passagem de bolhas de ar na corrente sanguínea, causando uma embolia, incluindo o sistema nervoso central.

IMAGENS MOSTRA MOMENTO QUE O CORPO DE PAULO DEIXA O HOSPITAL NO CARRO DA FÚNERARIA.

Nas últimas semanas, amigos, familiares e fãs do comediante se mobilizaram na torcida pela sua recuperação. O marido de Paulo Gustavo, o médico Thales Bretas, fez um desabafo em seu perfil no Instagram, afirmando que estava passando por “dias difíceis” e pedindo orações para o comediante. Nos comentários, ele recebeu muitas palavras de apoio de artistas como Larissa Manoela, Bruna Marquezine, Monique Alfradique, Giovanna Lancellotti e Ludmila Dayer.

A morte foi confirmada pela assessoria do ator, na noite de terça-feira (4). Paulo Gustavo deixa o marido, Thales Bretas, com quem era casado desde dezembro de 2015, e dois filhos, Romeu e Gael, de um ano e oito meses.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor coloque seu comentário!
Por favor coloque seu nome aqui