Carne usada em churrasco do Presidente Bolsonaro no Palácio da Alvorada durante uma festa na pandemia custou R$: 1,799,99

324

O presidente Jair Bolsonaro abriu as portas do Palácio da Alvorada para alguns familiares e amigos, numa confraternização no último fim de semana. Nas imagens do evento, chamou atenção a embalagem personalizada, que armazenava a peça de carne, a “picanha do mito”. O produto é de um frigorífico em Goiás. E o quilo da iguaria (mesma carne, mas em outra embalagem) custa R$ 1.799,99 reais.

Segundo informações obtidas no frigorífico, a peça com a embalagem que remete ao presidente não está disponível. A mesma carne, porém, pode ser adquirida no local com outro invólucro. Trata-se de da Picanha Wagyu, cuja peça tem, em média, 350 gramas e custa R$ 599, segundo valor divulgado na web.

Numa das imagens, Bolsonaro, ao lado do churrasqueiro, exibe duas das embalagens de carne, que, além da figura do presidente, tem os dizeres escritos “Brasil acima de todos e Deus acima de tudo”, numa referência ao slogan da campanha presidencial nas últimas eleições.

O churrasqueiro, Tchê, que se apresenta no Instagram como o “Churrasqueiro dos artistas”, posou ao lado do presidente durante o evento e compartilhou a imagem. Na legenda, ele escreveu: “Dia das mães com o nosso presidente Jair Messias Bolsonaro. Que Deus abençoe todas as mães do Brasil.”

Bolsonaro na piscina do Palácio com o cirurgião de Michelle Bolsonaro, Regis Ramos
Bolsonaro na piscina do Palácio com o cirurgião de Michelle Bolsonaro, Regis Ramos Foto: Reprodução/Instagram
Carne com embalagem personalizada para o churrasco do presidente
Carne com embalagem personalizada para o churrasco do presidente Foto: Reprodução/Instagram
Presidente Bolsonaro recebe familiares e amigos em churrasco no Palácio da Alvorada
Presidente Bolsonaro recebe familiares e amigos em churrasco no Palácio da Alvorada Foto: Reprodução/Instagram
Primeira-dama Michelle Bolsonaro joga cartas com os convidados