Marcio Galo ex – secretário de Arraial do Cabo é alvo de busca e apreensão por ameaças contra sua ex-companheira

Márcio Veiga de Oliveira é suspeito de ameaçar a ex-companheira, segundo a polícia

502

ARRAIAL DO CABO – O ex-secretário municipal de Ordem Pública de Arraial do Cabo, na Região dos Lagos do Rio, Márcio Veiga de Oliveira, conhecido como Marcio Galo, de 48 anos, foi alvo de um mandado de busca e apreensão nesta quarta-feira (12). Segundo a Polícia Civil, ele é suspeito de ter ameaçado a ex-companheira, com quem tem uma filha de sete anos de idade.

O crime foi denunciado pela própria mulher, vítima das ameaças, no dia 14 de abril. Em depoimento à polícia, a vítima afirmou que Marcio Galo enviava mensagens para o telefone da própria filha, através de um aplicativo de conversa, com xingamentos e ameaças contra a ex-companheira.

Na casa do suspeito, os agentes apreenderam um celular, que será encaminhado à perícia. O mandado de busca e apreensão também manteve presas duas armas do ex-servidor público, que estavam sob custódia da polícia, desde março do ano passado, quando ele foi alvo de uma operação do Ministério Público Estadual (MPE-RJ), acusado de exigir pagamento de vantagem indevida para a realização de evento na cidade.

Marcio Galo é policial militar aposentado, foi candidato a vereador no município em 2016, e atuou como secretário municipal de Ordem Pública, tendo sido exonerado do cargo em dezembro de 2018. A Polícia Civil informou que ele vai responder com base na lei Maria da Penha e que por causa do processo, a Justiça também suspendeu o seu porte funcional de arma de fogo.