SAPATÃO DANÇOU | Polícia Civil prende Sandra Sapatão em Saquarema principal liderança da favela do Jacarezinho

504

A Polícia Civil prendeu a traficante Sandra Helena Ferreira Gabriel, 54 anos, conhecida como Sandra Sapatão, uma das principais lideranças do Comando Vermelho no Jacarezinho, segundo investigações. A prisão foi realizada por agentes da Dcod (Delegacia de Combate às Drogas), em Saquarema, na Região dos Lagos, na tarde desta sexta-feira (21).

No momento da prisão, Sandra estava tomando banho de sol, na praia do Boqueirão. Ainda de acordo com agentes, Sandra estava com comparsas, que conseguiram fugir. Fotos do momento da prisão mostram a liderança com um vestido listrado, sendo conduzida por policiais. Não houve resistência.

A captura foi possível a partir de um trabalho de inteligência realizado nos celulares apreendidos na operação Exceptis, no Jacarezinho, no dia 6 de maio. Na ação, 27 homens, que teriam ligação com o tráfico, morreram. A polícia afirmou que eles emboscaram agentes, que revidaram. Um policial civil também faleceu ao ser baleado.

INDICADAS PARA VOCÊ

Policial militar é baleado na Avenida BrasilPolícia Civil conclui inquérito que investiga ação de homem com bandeira nazistaPesquisa aponta que 293 pessoas morreram em ações policiais em 2021Em 2007, Sandra estava na lista dos dez bandidos mais procurados do estado.

Ao ser presa, em 2010, ela chegou a ser a única mulher presa em um presídio federal de segurança máxima. Em 2014, ela saiu em liberdade provisória e não retornou à prisão, sendo considerada evadida do sistema prisional.

No mesmo ano, foi capturada por agentes da Unidade de Polícia Pacificadora do Jacarezinho (UPP), ocasião em que ofereceu R$ 20 mil para não ser presa. Já em 2016, saiu em liberdade, e teria voltado a gerenciar o tráfico pessoalmente.

Em 2017, ela é apontada pela polícia por participar de um tiroteio que matou o policial militar Michel de Lima Galvão, da UPP Jacarezinho, e deixar outro agente baleado no rosto. Em 2019, por conta desses crimes, ele teve a prisão preventiva decretada, ao lado de outros dois traficantes, na 2ª Vara Criminal.

Sua defesa, desde então, já tentou revogar a prisão por duas vezes, alegando que ela não possui ligação com o tráfico do Jacarezinho. Mas, a Justiça negou.

Quem é Sandra?

Cartaz do Portal dos Procurados oferecia recompensa por informações sobre Sandra — Foto: Divulgação
Cartaz do Portal dos Procurados oferecia recompensa por informações sobre Sandra — Foto: Divulgação

Sandra estava sendo procurada há mais de dois anos e tinha três mandados de prisão em aberto.

Num dos inquéritos, ela é suspeita de ter participado de um tiroteio que resultou na morte do policial militar Michel de Lima Galvão, de 32 anos, durante uma operação no Jacarezinho, em 2017.

Um relatório de inteligência da Polícia Civil sobre a operação no Jacarezinho cita Sandra como sendo uma das principais traficantes da favela, e também uma das mais procuradas pela polícia.

No documento, consta que a mulher também é conhecida como “Sandra do Jacarezinho”, apontada em investigações como “braço direito” do traficante “Lambari”.

Em 2019, o Portal dos Procurados divulgou um cartaz com recompensa pelas três lideranças do tráfico da região.

Além de Sandra, a polícia aponta que o Jacarezinho é chefiado por Adriano de Souza Freitas, o Chico Bento, e Felipe Ferreira Manoel, o Fred.