Homens são presos com 70 kg de aditivos para cocaína no Rio

Cafeína e lidocaína apreendidas renderiam, misturadas a pasta-base, quase meia tonelada do entorpecente. Compra e transporte dessas substâncias dependem de autorização da PF.

99

Policiais penais da Superintendência de Inteligência da Seap-RJ prenderam em flagrante, na noite desta quarta-feira (27), dois homens com 70 kg de aditivos para cocaína em Irajá, na Zona Norte do Rio.

lidocaína e a cafeína em pó estavam acondicionadas em sacos plásticos dentro de tonéis de papelão. Esses componentes, quando misturados em uma pasta-base, renderiam 400 kg de cocaína.

Segundo a Seap, um dos homens apresentou uma nota fiscal e afirmou que receberia uma quantia para trazer o material de São Paulo até uma farmácia no Complexo do Alemão.

A ocorrência foi apresentada na sede da Polícia Federal na Praça Mauá, uma vez que o material descrito é controlado e pode ser utilizado para o refino de cocaína.

A venda, a compra e o transporte deste tipo de material dependem também de prévia autorização da Polícia Federal.