Operação com a CORE e a civil da 124ª DP prende comparsa que participou de chacina e encontra arma usada no crime em Saquarema

440

 A arma utilizada por Carlos Henrique Coelho na chacina de Saquarema, que deixou quatro mortos na quinta-feira (27), foi encontrada neste sábado (29), por cães farejadores da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core), na Região dos Lagos do Rio.

O revólver calibre 38, com cinco munições usadas e uma intacta, estava escondido em uma zona de mata estava sendo procurada a dois dias.

A ação foi realizada por agentes da 124ª DP (Saquarema) e apoio da especializada. Dois homens foram presos até o momento, entre eles, Carlos Henrique, vizinho da família, acusado de assassinar as vítimas, e Pedro Vinicius Moura, que teria dado apoio na ação.

O autor da chacina foi preso nesta sexta-feira (28/05). Após diligências, o comparsa dele foi localizado. Os agentes chegaram aos criminosos após depoimentos de testemunhas, que sobreviveram porque se esconderam no banheiro.

O crime aconteceu no bairro Bonsucesso, em Saquarema. Agentes da unidade foram notificados pela Polícia Militar sobre uma chacina. A equipe foi ao local e constatou que Jorge Carlos Fernandes de Andrade, Rosinea da Costa Santos, Lohan Santos de Andrade e Larissa Costa, que estava grávida, foram mortos a tiros.

De acordo com as investigações, o assassino teria “cantado” a esposa do vizinho há cerca de dois meses. Depois disso houve uma discussão por causa do cachorro de uma das vítimas , que invadiram a residência do acusado e reviraram o lixo. Durante um dos desentendimentos, o acusado tentou atropelar o filho do vizinho, de 4 anos. Por conta disso, o autor acabou sendo agredido pelo pai da criança. O assassino, então, ameaçou matá-lo.