Turista de Belo Horizonte desaparece em Cabo Frio após se envolver em uma briga na Praia do Forte em um quiosque

562

Bruno Antônio Lourenço de 31 anos, morador do bairro São Sebastião em Igarapé, MG, desapareceu na cidade de Cabo Frio, no Rio de Janeiro, durante um “bate-volta”.

Segundo informações da família, obtidas pelo TV Informa, Bruno foi roubado na cidade.

O homem conheceu um casal no sábado, 30, e no domingo se encontraram novamente, agora em um quiosque na praia do Forte. O casal roubou o celular de Bruno, deixando a dívida para ser paga pelo mesmo. Bruno alegou que não tinha o valor para pagar. Um funcionário do quiosque procurou os organizadores da viagem, Carlos Turismo e Vivi Tur, que também não puderam arcar com o valor de R$200,00.

Na sequência, as 16 horas, horário de embarque para voltar para a cidade mineira, Bruno foi agredido pelos funcionários do quiosque. Quando os organizadores da viagem foram prestar socorro, Bruno saiu correndo, consequentemente, por medo de apanhar novamente.

Ao retornar a Igarapé, os organizadores informaram a família sobre o acontecido, e foram instruídos pela Polícia Civil de Igarapé, a voltar para o Rio de Janeiro juntamente com familiares para ajudar nas buscas.

Foi feito um boletim de ocorrência em uma delegacia de Cabo Frio, onde neste momento familiares e organizadores estão com as buscas.

Bruno Antônio foi visto pela última vez no último domingo, dia 31, quando correu dos agressores no estado carioca. família pede que, caso alguém saiba de alguma informação que leve ao paradeiro de Bruno, entre em contato com o número 31 99724-1318, Iara.

Caso queira informar anonimamente, entre em contato com o disque denúncia, 181, e a sua identidade será mantida no mais absoluto sigilo.