Polícia investiga mãe que jogou água fervente no rosto da filha

195

A Polícia Civil investiga a motivação para uma mãe jogar água fervente no rosto da filha. A jovem Mariana da Silva, de 23 anos, segue internada com quadro de saúde estável, no Hospital Estadual Alberto Torres, em São Gonçalo, Região Metropolitana do Rio.

Na tarde do último domingo (20), policiais militares do 7º BPM (São Gonçalo) foram acionados para checar a entrada da jovem na unidade de saúde. Chegando ao local, os policiais constataram que o caso aconteceu após um desentendimento familiar, em Itaboraí. Segundo testemunhas, as duas teriam discutido e a mulher jogou a água quente contra o rosto da jovem.

O caso foi registrado na delegacia da região e a mãe já foi chamada para prestar esclarecimentos. Testemunhas também são ouvidas.

A vítima passou por exame de corpo de delito que apresentou resultado positivo para lesão grave por deformidade permanente.