Mulher é presa pela Civil com 18kg de maconha e munições de fuzil no Buraco do Boi

410

Policiais civis da 58ª DP (Posse) realizaram uma operação, na tarde de terça – feira (29), para cumprir mandados de prisão na Comunidade Buraco do Boi, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. A ação teve como objetivo localizar líderes de uma facção criminosa que atua no Rio de Janeiro e está ligada ao tráfico de drogas e crimes de tortura.

Uma mulher foi presa em flagrante. Na casa dela, os agentes apreenderam 18 quilos de maconha, divididos em 21 tabletes, carregadores municiados de fuzil, duas granadas, um caderno com anotações do tráfico local, rádios comunicadores, capa de colete balístico, além de dois aparelhos de telefone celular.

Segundo a 58ª DP, a operação também teve como objetivo mapear a área e buscar informações sobre investigações que apuram torturas praticadas contra um militar da Marinha, que entrou na região por engano, e contra uma moradora, que foi obrigada a contar para os criminosos o paradeiro de seu marido, que se mudou da localidade após ser acusado de estupro por vizinhos. Uma das vítimas foi agredida na frente da filha de seis anos.

A proprietária da casa onde os agentes encontraram o material foi autuada em flagrante por tráfico de drogas, associação para o tráfico e porte ilegal de munições e explosivos de uso restrito. Ela foi encaminhada para o sistema prisional e ficará à disposição da Justiça.