Quadrilha especializada em sequestros e extorsão é presa em São Gonçalo

262

Uma quadrilha que praticava sequestros e extorsões foi presa em flagrante pela Polícia Civil, nesta quinta-feira, no bairro Nova Cidade, em São Gonçalo. Marlon Rodrigues, Rivamar Ribeiro de Oliveira Junior, Luan Baptista de Souza e Fabrício Santos da Silva foram identificados pela equipe da Delegacia Antissequestro (DAS), após denúncias de pessoas que foram vítimas dos criminosos.

Segundo os agentes da DAS, a quadrilha atuava da seguinte maneira: os bandidos forjavam encontros com comerciantes e empresários, se passavam por clientes e requisitavam os serviços prestados por eles. Contudo, ao chegarem na rua marcada para fazer negociar o valor do trabalho, as vítimas eram abordadas por dois ou três integrantes armados da quadrilha.

Esses criminosos levavam as vítimas em seus próprios veículos e as obrigava a efetuar transferências usando a ferramenta PIX. Enquanto isso, outra frente da quadrilha atuava com os métodos de pagamento de cartão de crédito, débito e tentava obter senhas para saques e transferências das vítimas.

Por fim, o grupo de bandidos ainda levava as vítimas para o Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo, e telefonavam para os familiares exigindo dinheiro para libertá-las. De acordo com a Polícia Civil, os criminosos foram presos, mas as investigações continuam.

Em maio, uma outra quadrilha especializada no mesmo perfil de crime foi desarticulada pela PC, em São Gonçalo e Itaboraí, na Região Metropolitana do Rio. Nessa ação, o alvo foi o local conhecido como “quartel-general” da quadrilha, no bairro Marambaia, divisa entre São Gonçalo e Itaboraí. O grupo dessa ação também tinha como alvo comerciantes locais.

Os presos da ação foram identificados pela equipe como Guilherme Barbosa dos Santos conhecido como Guimi, Wanderson Nunes do Nascimento, ou Toti, e Sávio Batista Maciel, também chamado de Orelha.