Em meio a pandemia da Covid-19 Estúdios Globo irá estreia sua primeira novela das 6h; ‘Nos Tempos do Imperador’

138

“Nos Tempos do Imperador”, a primeira novela totalmente inédita desde o início da pandemia, tem nova data de estreia após alguns adiamentos: 9 de agosto, às 18h. 

A trama é escrita por Alessandro Marson e Thereza Falcão e está sendo filmada desde 2020, com interrupções causadas pela pandemia. A obra, que será a continuação de “Novo Mundo”, começa em 1856, pouco após o Brasil conquistar a independência.

A trama se passa no Rio de Janeiro, em uma época em que o Brasil ainda buscava sua identidade e acompanha momentos importantes da vida do Imperador Dom Pedro II (Selton Mello), da Imperatriz Teresa Cristina (Leticia Sabatella), de Luísa, a Condessa de Barral (Mariana Ximenes), além de Pilar (Gabriela Medvedovski) e Jorge/Samuel (Michel Gomes), ao longo dos anos.Através de histórias de amor, lutas e esperança, a próxima novela das 6 traz elementos históricos, mas que remetem imediatamente aos dias atuais.

Cenas gravadas no Interior do Rio de Janeiro – Imagem mostra famoso com máscaras se protegendo da covid – A rede Globo seguiu todo o protocolo da covid-19

SAIU! Temos a data oficial de estreia para #NosTemposDoImperador, já anota aí: 9 de agosto. A obra é a primeira novela totalmente inédita desde o início da pandemia e fala sobre escolhas, sacrifícios e grandes paixões. Quem está na expectativa, dá um nos comentários ️ pic.twitter.com/G9z361u7z6

No Rio de Janeiro, por exemplo, o Cais do Valongo é um dos panos de fundo para os acontecimentos da chamada Pequena África, no folhetim de Thereza Falcão e Alessandro Marson. O cais, situado na zona portuária da cidade maravilhosa, é antiquíssimo e considerado pela UNESCO, Patrimônio Histórico da Humanidade.

A cidade Rio de Flores, no Rio de Janeiro, também serviu de cenário para as gravações do folhetim de época, e é conhecida por acomodar diversas construções históricas, incluindo fazendas bem antigas. No mesmo estado, Barra do Piraí consta como outra das locações importantes da novela. Segundo a emissora, a produção só precisou de uma semana no município para captar as imagens que precisava.

Nestes locais, ambos considerados turísticos pela bagagem cultural e histórica, foram gravadas sequências que envolvem Luísa, a Condessa de Barral, papel de Mariana Ximenes, o vilão Tonico, vivido por Alexandre Nero e a mocinha Pilar, interpretada por Gabriela Medvedovski.

Já no estado da Bahia, um dos cenários icônicos é a Chapada da Diamantina. Nas gravações que exibirão a região de serra protegida, repleta de penhascos e nascentes de rios importantes, estarão ninguém menos do que Dom Pedro II, interpretado por Selton Melo. Ele aparecerá nesse cenário por conta de sua expedição que faz pelo Brasil ao lado da esposa, Teresa Cristina, vivida por Letícia Sabatella.