Pai que estrupou a propria filha por cinco anos é preso pela policia civil em Rio Bonito

322

Do que restou apurado a vítima vinha sendo abusada sexualmente pelo próprio pai desde os sete anos de idade e a barbaridade se perpetuou até completar doze anos, quando a vítima começou a menstruar. Esse fato fez com que o abusador, com receio de que a filha engravidasse, parasse de praticar os atos libidinosos com a filha, porém a mantinha sob ameaças para que não revelasse os abusos sofridos. Até o dia em que a adolescente teve coragem de denunciar as agressões sexuais para a tia, tendo esta convencido a mãe a procurar o Conselho Tutelar e finalmente a polícia foi acionada para intervir no caso.