Burguer King anuncia Dogecoin como pagamento por produto limitado

220

A partir desta segunda-feira (26), o Burguer King passará a aceitar Dogecoin como pagamento por seu mais novo lançamento: o Dogpper. Trata-se de um biscoito canino com sabor de carne grelhada de churrasco da rede de fast food. A campanha, que vai até 30 de julho, é uma iniciativa da agência Ginga em parceria com o BK.

Após ser anunciado no dia 7 de julho pelo BK, o produto para cachorros chegou ao mercado na última semana. Agora, a novidade é que os detentores de DOGE poderão usar suas criptomoedas meme para adquirir o item.

“O item chegou ao mercado na última semana em uma campanha de sucesso, mostrando que os peludos não precisam mais ficar babando e com ‘cara de pidão’ enquanto seus tutores se deliciam com um Whopper”, ressaltou o BK, em comunicado enviado à imprensa.

Biscoito para cachorro pago com criptomoeda de cachorro

De acordo com o comunicado divulgado pela rede de fast-food, cada Dogpper custará 3 Dogecoins. Assim, considerando o preço atual da moeda digital inspirada no cachorro Shiba Inu, R$ 1,15, cada produto sairá a R$ 3,45.

No entanto, os pagamentos em DOGE só poderão ser efetuados no site criado exclusivamente para a comercialização do produto. Na prática, as criptomoedas serão transferidas da carteira do cliente para a carteira de DOGE do BK.

Além disso, parte do valor arrecadado com as vendas de DOGPPER pagas em Dogecoin será doado para as ONGs Amigos de São Francisco e Casa dos Bulls, que defendem a causa pet. Esta é uma iniciativa do BK em parceria com a Pet Love, plataforma online de produtos e serviços para pets. 

Os biscoitos Dogpper também podem ser pedidos via aplicativos de delivery e pagos com dinheiro comum.

Sobre a Dogecoin

Criada em 2013, a Dogecoin foi lançada por uma dupla de engenheiros de software, basicamente como uma piada, ou um meme. Anos depois, a DOGE acabou chamando a atenção do bilionário Elon Musk, CEO da Tesla e SpaceX.

Em seu Twitter, Musk passou a “promover”, de certa forma, a criptomoeda, influenciando em seu preço em diversas ocasiões.

Apenas em 2021, a Dogecoin já valorizou quase 4.000%. Afinal, em 1º de janeiro, a criptomoeda custava apenas US$ 0,0055. Agora, está sendo negociada em US$ 0,22 tendo valorizado 22,8% na última semana.