Todas as escolas da rede municipal do Rio devem reabrir para o ensino presencial até setembro, diz secretário

109

O secretário de Educação do Rio, Renan Ferreirinha, disse nesta quinta-feira (29) que quase todas as unidades de ensino da rede municipal estarão aptas a retornar o ensino presencial na próxima segunda-feira (2). A previsão, segundo ele, é que todas as escolas estejam funcionando em setembro.

“No dia 2 de agosto retornaremos com 1.537 das 1.543 unidades escolares oferecendo o ensino presencial”, afirmou Ferreirinha em evento de vacinação na Maré, Zona Norte do Rio.

Segundo ele, seis escolas possuem problemas de infraestrutura e só reabrem em setembro.

“Vamos resolver essa situação em agosto para que até o mês de setembro todas essas escolas ofereçam o ensino presencial para os 644 mil alunos”, explicou.

Ferreirinha explica que o retorno não é obrigatório, mas o interesse dos pais em enviar os filhos para as escolas é alto.

“A taxa de interesse média das famílias para o retorno às aulas presenciais é de 82%”, disse Ferreirinha.

Possibilidade de aulas à distância

No município do Rio, as aulas presenciais foram retomadas em março, de forma escalonada, entre as escolas que cumpriam os protocolos sanitários determinados pelo Comitê de Enfrentamento à Covid-19.

Antes do período de férias, 98% das unidades da rede municipal de ensino já funcionavam com atividades presenciais. Isso quer dizer que 98,4% dos alunos matriculados em escolas do município já contavam com as aulas presenciais antes do recesso. São estudantes do berçário ao Ensino de Jovens e Adultos.

Contudo, é importante destacar que o ensino presencial é opcional em toda a rede municipal. A decisão pela aula presencial ou à distância ficará a cargo de pais e alunos.

Para quem optar pelo ensino à distância, a secretaria informou que vai continuar oferecendo videoaulas na internet ou pelo programa Rioeduca, na TV aberta (TV Escola, canal 2.3) e fechada (NET/Claro, canal 15; Claro TV, canal 8; Oi TV, canal 25; Sky, canal 21; e Vivo, canal 7).

As videoaulas do Rioeduca também ficam disponíveis no canal da MultiRio no YouTube.