EXCLUSIVO | Delegado fala sobre a morte do empresário do ramo de Criptomoedas Wesley Pessano em São Pedro da Aldeia.

983

SÃO PEDRO DA ALDEIA – O delegado Titular da 125ª DP de São Pedro da Aldeia Milton Siqueira conversou com a equipe do Rlagos na tarde de quarta-feira (04), onde o mesmo explicou que o crime está sendo investigado.

Wesley Pessano foi executado a tiros, na tarde desta quarta-feira, em São Pedro da Aldeia, na Região dos Lagos. O crime aconteceu no bairro São João. Segundo testemunhas, Wesley estava chegando para cortar o cabelo no local, onde nasceu e foi criado. Ainda dentro do carro, um Porsche Boxster vermelho, ele acabou baleado quando outro veículo emparelhou.

Uma segunda pessoa teria ficado ferida no ataque, sendo socorrida para um hospital da região. Ainda não há informações sobre a identidade ou o estado de saúde da vítima. Agentes da 126ª DP (Cabo Frio) e do 25º BPM (Cabo Frio) encontram-se na Rua Marechal Castelo Branco, onde ocorreu a execução. O corpo está passando por perícia e será encaminhado ao Instituto Médico-Legal (IML) de Cabo Frio.

“Ainda é muito prematuro a gente falar sobre uma linha, agora gente está dependendo de vários fatores, falta ouvir testemunhas uma delas está no hospital que sobreviveu que está no hospital, por ser um carro de luxo e executado dentro de uma comunidade isso acaba chamando muita atenção, mas vamos nos empenhar muito para prender os criminosos disse Dr Milton Siqueira delegado da 125ª DP.

Dr Milton disse que ainda é muito cedo para policia falar qual foi o motivo do crime, vários fatores podem ter levado alguém a executar Wesley, imagens de câmeras serão analisadas testemunhas serão ouvidas.

Wesley tinha mais de 124 mil seguidores no Instagram, onde se apresentava como “trader” do mercado financeiro e dava dicas sobre investimento. Na descrição do perfil, ele prometia “liberdade financeira aos 18”.

O corpo de Wesley foi levado para o IML de Cabo Frio, e o caso registrado na 125ª DP.