QUEM MATOU PESSANO | Polícia civil diz que investigações estão próximo de prender o mandante de mandar matar Wesley Pessano em São Pedro da Aldeia.

935

SÃO PEDRO DA ALDEIA – As investigações sobre a morte dos empresários Wesley Pessano estão a todo vapor, a policia civil montou uma força tarefa para investigar o crime, na tarde de segunda-feira (09), três pessoas já foram presas.

Casos Pessano: Operação da policia civil prende três suspeito de matar Wesley Pessano o “REI DO PULLBACK” em São Pedro da Aldeia

As prisões aconteceram, em Rio das Ostras e Rio de Janeiro, após um grande levantamento feito pelas equipes da 4º DPA, da 126ª DP , 127ª DP e 129ª DP, delegacias que estão trabalhando em conjunto nessa força tarefa.

Edson da Costa Marinho, foi preso com uma replica de fuzil em Rio das Ostras por policiais da 125ª DP, já Roberto Silva Campanha e Chingler Silva Campanha, foram presos em, Brás de Pina Zona Norte do Rio, os dois estavam em posse de um veiculo Voyage prata que foi usado no dia do crime em São Pedro da Aldeia.

O carro foi levado para 27ª DP de Vicente Carvalho, os dois foram localizados após um trabalho de inteligência da polícia, que se empenharam muito neste caso.

Veja como foi o crime: Investidor em criptomoedas é assassinado dentro de Porsche na Região dos Lagos

De acordo com a civil, o carro que foi usado no crime era clonado e foi roubado em Nova Iguaçu.

Ainda de acordo com a policia Chingler Lopes Lima quando ainda menor possui passagem criminal por fato análogo ao crime de porte ilegal de arma de fogo, Edson possui cinco anotações pelo crime de violação de direito autoral, vender mídias piratas, já Roberto Silva Campanha não possui anotações criminais, porém diante das provas apresentadas acabou confessando a participação no crime,  o qual efetuou diversos disparos na vítima,  tendo recebido cerca de 40 mil Reais para compor a empreitada criminosa.

O Delegado Titular da 125ª DP de São Pedro da Aldeia Dr Milton Siqueira, que apura o crime cometido contra o “Rei do Pullback” afirma que o crime que levou a morte de Wesley tem a ver com disputas de território de criptomoedas  , durante uma entrevista concedida com exclusividade para o Rlagos o delegado afirma, que a polícia detectou de um cordão de ouro que estava com o trader foi levado, mas outros pertences não.

A morte de Wesley repercutiu no País todo, e foi mídia nacional, sendo divulgadas em grades jornais como (EXTRA, GLOBO, UOL, G1, RLAGOS), entre outros.

A polícia agora trabalha para chegar até o mandante do crime, segundo o delegado titular Dr Milton Siqueira as investigações estão muito bem rápidas, faltam ainda muitas testemunhas a depor principalmente o homem que estava com Wesley no dia do crime dentro do carro, o quebra cabeça ainda falta algumas peças, mais a polícia já está próximo do mandante.

A operação foi batizada de PULLBACK pois, Wesley Pessano apresentava-se como “rei do pullback”, expressão do mercado financeiro que indica movimento de correção contrário à tendência de mercado, ou seja, ativos que podem sofrer alterações drásticas no preço em pouco tempo.