Adolescente de 17 anos mata ‘colega’ de facção após reivindicar ‘aumento de salário’ em Barra do Piraí

149

Rio – Um adolescente de 17 anos, integrante de uma facção criminosa em Barra do Piraí, no Sul Fluminense, assassinou a tiros um ‘colega’, também traficante, pois estava insatisfeito com o “salário” que estava recebendo do crime. O menor foi apreendido na manhã desta quarta-feira, no Centro da cidade, por policiais da 88ª DP (Barra do Piraí) com apoio de policiais do 10º BPM (Barra do Piraí). Ele possuía diversos antecedentes por tráfico de drogas e associação ao tráfico.

De acordo com a Polícia Civil, o crime foi motivado após o adolescente reivindicar ao ‘colega’ “melhores condições salariais”. Ainda de acordo com a investigação, após o crime, o chefe da organização criminosa começou a espalhar em redes sociais que a morte do até então integrante do Comando Vermelho (CV) teria sido causada por policiais.

“As mensagens tinham o claro objetivo de imputar uma execução a policiais da cidade de Barra do Piraí. Muitos moradores da cidade se revoltaram e chegaram a chamar os policiais de assassinos. Contudo, as investigações da Polícia Civil demonstraram que tudo era uma farsa com a intenção de colocar a população contra a polícia”, explicou a instituição.

As investigações demonstraram que o autor do homicídio era um amigo da vítima. A vítima, inclusive, gravou um vídeo, baleada, antes de morrer, apontando o autor do crime como sendo seu “amigo”.