Operação Lei Seca registra mais de 400 casos de alcoolemia durante feriadão

Neste período foram realizadas 41 blitzes de fiscalização nos principais acessos às praias

146

Durante o feriado prolongado do Dia da Independência do Brasil, a Operação Lei Seca reforçou as ações de fiscalização e educação de sábado a terça-feira (04 a 07/09), com um esquema especial durante o dia e à noite em diferentes locais do Estado, principalmente em locais de saídas de praia.

Ao todo 2.750 motoristas foram abordados e destes, 467 tinham sinais de embriaguez, o que representa 16,98% do total de abordagens.

Na Região dos Lagos, os índices de alcoolemia foram muito elevados. No sábado (04), em Búzios, 101 pessoas foram abordadas e 40,59% estavam embriagadas. Já no domingo (05/08), 33,9%  de casos de motoristas dirigindo alcoolizados foram registrados em Cabo-Frio.

Um dos motoristas abordados, o pedreiro Paulo Roberto Gomes, exaltou o trabalho da operação: “A condução dos policiais para fazer o teste foi tranquila. Eu não consumo bebida alcoólica quando dirijo e acho que fiscalizações como essa deveriam acontecer sempre para que não haja acidentes de trânsito”.

Além das ações de fiscalização, o trabalho de conscientização com os agentes de educação também foi intensificado durante o período para alertar a população sobre o risco da mistura entre álcool e direção.

“É preciso frisar a importância das nossas ações de fiscalização e educação, que são realizadas diariamente em todo o estado, para que as pessoas se conscientizem do risco de dirigir alcoolizado.” afirma o superintendente da operação Lei Seca, tenente-coronel Fabio Pinho.