Brasil vence Peru com gols de Everton Ribeiro e Neymar e completa oito vitórias seguidas nas Eliminatórias

Seleção marca duas vezes no primeiro tempo, confirma superioridade na Arena de Pernambuco e mantém 100% de aproveitamento; camisa 10 está suspenso contra a Venezuela

284

O Brasil venceu o Peru com tranquilidade nesta quinta-feira, fez 2 a 0 na Arena de Pernambuco e completou oito vitórias seguidas nas Eliminatórias da Copa do Mundo 2022. Os gols foram marcados por Everton Ribeiro e Neymar – que tornou-se o maior artilheiro da amarelinha na história da competição. A Seleção de Tite dispara na liderança com 24 pontos.

O Brasil soma 24 pontos na liderança e segue com uma vantagem de seis em relação à Argentina, que está em segundo lugar. O Peru, por sua vez, amarga a 7ª posição com oito pontos – cinco atrás da zona de classificação.

A seleção brasileira visita a Venezuela, no dia 7 de outubro, pela 11ª rodada das Eliminatórias. Enquanto o Peru recebe o Chile, no mesmo dia.

O Brasil chegou a oito vitórias seguidas no início da das eliminatórias pela primeira vez. Mais um recorde estabelecido pela Seleção de Tite. São 100% de aproveitamento em oito partidas até o momento. Dona do melhor ataque – com 19 gols marcados – e da melhor defesa, com apenas dois sofridos.

Neymar marcou o segundo gol da partida, aos 39 minutos do primeiro tempo, e tornou-se o maior artilheiro do Brasil em Eliminatórias. São 12 gols do camisa 10 – superando Zico e Romário. É o 69º de Neymar pela seleção. 

Atacante comentou sobre a nova marca com a camisa do Brasil, mas fez um desabafo na saída do campo: “Fico muito contente de ser de ser recordista de artilheiro das eliminatórias, ser o maior assistente com a camisa da seleção brasileira e logo menos, se tudo caminhar bem, passar o Pelé. Estou muito feliz. Não sei mais o que faço com essa camisa para a galera respeitar o Neymar.”

O Brasil demonstrou a superioridade histórica e atual – considerando os 100% de aproveitamento nas Eliminatórias. Tanto que não demorou a balançar as redes. Everton Ribeiro abriu o placar aos 13 minutos aproveitando passe de Neymar. Pouco depois, aos 21, a amarelinha teria uma chance de pênalti. Mas o árbitro não marcou (e o VAR respeitou a decisão de campo). O Peru ainda fez cinco investidas, mas sem perigo. Aos 39, portanto, sofreu o contragolpe: Neymar aproveitou o rebote na área e ampliou o placar. O primeiro tempo ainda seguiu até os 47, mas as seleções saíram para o intervalo com o Brasil vencendo por 2 a 0.