Mesmo foragido da justiça vereadores de Arraial do Cabo aprovam as contas do Ex-prefeito Renatinho Viana

134

ARRAIAL DO CABO – Na manhã desta terça-feira (140, entrou em pauta na câmara de vereadores de Arraial do Cabo as contas do ex-prefeito Renatinho Viana da Região dos Lagos do Rio.

As contas são referentes ao ano de 2019, época que Renatinho Vianna (REP), foi prefeito, a votação foi unanima onde as contas foram aprovadas.

Renatinho já se encontra foragido a duas semanas, prestes a completar 20 dias, com isso apesar de terem um parecer prévio favorável de suas contas no Tribunal de Contas havia uma grande expectativa sobre a aprovação do legislativo

Renatinho foi alvo de uma mega operação Parque Livre, do Ministério Público, que o aponta como líder de uma organização criminosa que promovia loteamentos ilegais em áreas não edificáveis do Parque Estadual Costa do Sol (PECS), no núcleo da APA Massambaba, loteamento Miguel Couto, no distrito de Monte Alto, desde 2017.

A expectativa em Arraial do Cabo, agora, se volta para a votação das contas de 2009 de Wanderson Cardoso de Brito, o Andinho (MDB). Os vereadores devem analisá-las em breve.

Um mandado de prisão preventiva foi expedido contra Renatinho. Além do ex-prefeito, o policial militar da reserva Márcio Galo, então secretário de Ordem Pública, o irmão dele, Zima, ex-subsecretário de Meio Ambiente, e Márcio Croce, ex-secretário de Meio Ambiente, também chegaram a ser considerados foragidos.