Prolagos investe cada vez mais no tratamento da água e saneamento básico para ofertar qualidade de vida aos moradores da Região dos Lagos

A água fornecida aos moradores pela Empresa Prolagos é bem avaliada por especialistas e consumidores.

249

A equipe de jornalismo do RLAGOS NOTÍCIAS mergulhou no trabalho da concessionária para mostrar o cuidado realizado no tratamento da água e a consciência com o meio ambiente, já que sustentabilidade é prioridade na Prolagos, que é a concessionária responsável pelo abastecimento de água em toda Região dos Lagos. Desta forma, a empresa leva em conta os direitos humanos. A Região dos Lagos é um dos destinos turísticos mais procurados no Estado do Rio de Janeiro, tendo praias internacionalmente conhecidas.

A água é um recurso essencial para a sobrevivência de todos os seres vivos. Apesar do nosso planeta ser composto por 75% de água, estima-se que a água doce disponível seja de 3% desse total e apenas um terço da água doce presente nos rios, lagos, lençóis freáticos superficiais e atmosfera é acessível. O restante está concentrado em geleiras, calotas polares e lençóis freáticos profundos. A concessionária cumpre os protocolos de saúde no tratamento da água, porém esse trabalho inicia-se mobilizando a comunidade colocando em pauta questões essenciais que envolvem os recursos hídricos, assim garantindo água limpa e segura, além de saneamento básico de qualidade.

De acordo com especialistas que avaliaram o liquido fornecido da empresa, o processo de filtragem é submetido ao tratamento com cloro para ser utilizada pelos moradores sem risco de contaminação por bactérias patogênicas. “Depois de tratada, a água está pronta para ser distribuída à população por meio de um complexo do sistema de reservatórios, adutoras e subadutoras. Esse extenso caminho é percorrido pela água até chegar às casas e prédios.”, explicaram.

Para a Prolagos desenvolvimento é apresentar um plano implementado na tecnologia adquirindo equipamentos extras, capacitando seus profissionais para fortalecer as ações preventivas nas estações de tratamento de água e esgoto.” Com este foco, a Estação de Tratamento de Água (ETA), localizada às margens da Lagoa Juturnaíba, no município de Araruama, anualmente passa por melhorias que possibilitarão uma operação mais segura e eficiente. Outros investimentos vêm sendo praticados, a fim de garantir a eficiência da unidade, como a limpeza dos reservatórios e decantadores; a reforma e modernização nos diversos filtros, que receberam novo material filtrante, composto por pedras, areia com diferentes tamanhos e carvão mineral.

Além disso, foram instaladas ventosas e válvulas elétricas nas novas adutoras de água tratada que ligam a ETA aos cinco municípios atendidos. Vale enfatizar que foram implantados macromedidores em todos os conjuntos motor bomba, capazes de medir o rendimento de cada equipamento, a fim de encontrar o ponto ideal de trabalho das bombas”, ressaltou a empresa proporcionando soluções no conceito do trabalho.

Ainda, a empresa explicou a capacidade do forte investimento da tecnologia. “Os equipamentos de alta performance enviarão as informações de vazão de cada bomba diretamente para o Centro de Controle Operacional. O sistema é integrado pela inteligência artificial que vai determinar qual a combinação de equipamentos trará maior eficiência e economia de energia no funcionamento da unidade”, finalizou a Prolagos.

A Endocrinologista e especialista em Clínica Médica Doutora Afif Ibrahim explicou que o consumo de água contaminada pode causar sintomas das doenças.” Por exemplo Leptospirose, cólera, hepatite A e giardíase são doenças frequentes em crianças entre 1 e 6 anos, gestantes e idosos. Isso acontece devido as alterações no sistema imune, podendo ser considerado um grave problema de saúde pública”, preveniu a médica.

João Alvarenga de 45 anos e morador do Centro de Cabo Frio, apontou a satisfação de ter água tratada na região. “Confio no serviço prestado pela Prolagos. Posso dizer por diversos moradores da Região dos Lagos que água tratada é vida. Desta forma, a população tem saúde e bem estar”, finalizou João.