Associação de tradutores e intérpretes da Região dos Lagos faz nota de repúdio a evento promovido pela Prefeitura de Cabo Frio para a pessoa com deficiência. Entenda:

180

A Prefeitura de Cabo Frio, na Região dos Lagos, promoveu nesta segunda-feira (20) uma cerimônia de abertura da Semana da Pessoa com Deficiência. Foi feita uma live na página oficial da Prefeitura cabo-friense o que gerou muitas críticas por parte dos surdos e dos intérpretes de libras, que se levantaram contra a forma como foi feita a celebração.

A Associação de tradutores e intérpretes da Região repudiou o evento, através de uma nota de repúdio, afirmando que à Prefeitura não ofereceu a acessibilidade adequada a pessoa com surdez.

A maior reclamação de surdos e profissionais de intérpretes de libras sobre o cerimonial, é que a todo momento os participantes da solenidade falavam de respeito e acessibilidade, mas de acordo com eles (surdos e profissionais), nada disso foi oferecido.

O mês de setembro é conhecido como o mês do surdo, e nesta terça-feira (21) é o dia de luta da pessoa com deficiência. Uma coisa que deixou todo mundo furioso, foi o fato da Prefeitura ter contratado uma intérprete não profissional, que não soube fazer a tradução das falas para a pessoa com deficiência auditiva.

Até o fechamento dessa matéria, a Comunicação da Prefeitura de Cabo Frio ainda não tinha se pronunciado sobre o caso.