Homem é preso suspeito de roubar, estuprar e matar idosa de 68 anos em Xerém

97

Rio – Um homem foi preso nesta quarta-feira suspeito de roubar, estuprar e matar uma idosa de 68 anos em Xerém, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Até a última quarta-feira, acreditava-se que a vítima, Jeucy Conceição do Rosário, havia morrido de mal súbito.

No entanto, durante uma operação do Departamento Geral de Polícia da Baixada contra receptação de celulares, o suspeito acabou confessando o crime.De acordo com o depoimento de uma das testemunhas, no dia do crime, Jeucy foi encontrada morta em cima de sua cama, seminua. Amigos da vítima também perceberam que o quarto estava revirado e que o seu celular não estava mais em sua bolsa, onde costumava guardá-lo. Com isso, a Polícia Militar foi acionada e preservou o local até que o corpo fosse retirado.

Durante as investigações, diversas pessoas foram ouvidas pela 61ª DP (Xerém), e através de uma operação contra o roubo e receptação de celulares, a distrital conseguiu chegar até o receptador do celular de Jeucy. Por meio dele, os agentes encontraram o homem suspeito de roubar o celular da vítima. 

No interrogatório, ele confessou ter matado e estuprado Jeucy, mas negou ter roubado e vendido o celular. De acordo com a delegada Juliana Emerique, responsável pelo caso, desde o início das diligências, vizinhos da vítima apontaram o rapaz como principal suspeito de cometer o crime, devido ao seu histórico de atos sexuais violentos contra moradores da localidade.

De acordo com os relatos, o homem seria responsável por uma tentativa de estupro contra uma mulher e por abusos contra o próprio sobrinho. Na sede policial o rapaz negou casos anteriores ao de Jeucy. 

O preso foi encaminhado para a 61ª DP (Xerém), devido um mandado de prisão preventiva, e logo em seguida foi transferido para o sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça.