Polícia bate na porta de ‘A Fazenda’ para investigar acusação de estupro contra Nego do Borel

Equipe de Dayane Mello, que pede investigação para saber se a participante foi violentada nesta madrugada, diz que a produção dificulta acesso das autoridades

265

A equipe da participante Dayane Mello informou que a polícia foi até a sede do reality ‘A Fazenda’, no interior de São Paulo, para investigar a acusação de estupro contra o cantor Nego do Borel. Nesta madrugada, o funkeiro dividiu o edredom com a modelo, que estava completamente embriagada e fora de si. Internautas apontaram que supostamente Nego teria estuprado Dayane, após escutarem gemidos do cantor embaixo das cobertas.

“A polícia precisa entrar na sede para que sejam recolhidas as evidências do ocorrido, como roupas de cama, preservativo, vestimenta da vítima e do acusado, depoimentos, entre outros. A polícia e a equipe jurídica estão na porta da sede de “A Fazenda” neste exato momento, tentando contato imediato para que o jurídico e as autoridades possam a dar andamento nos trâmites legais do caso. Infelizmente a produção está dificultando o contato e averiguação dos fatos”, informa o perfil oficial de Dayane Mello no Twitter.