Polícia prende acusado de integrar quadrilha que aplicava golpes pelo WhatsApp

195

A polícia prendeu na tarde desta sexta-feira, um homem acusado de participar de uma quadrilha que aplicava golpes pelo WhatsApp. Identificado pela polícia como sendo Charles Ramos do Nascimento, o suspeito que trabalha como motoboy e mora na Favela Nova Holanda, foi preso por uma equipe da 14ªDP (Leblon), em frente ao Shopping Leblon, na Zona Sul do Rio, quando receberia mais um valor pedido à vítima.

Charles foi preso em flagrante pelos crimes de tentativa de estelionato e associação criminosa. De acordo com investigações, a quadrilha criava uma conta no aplicativo utilizando a fotografia de um familiar de sua vítima, em geral um filho. Iniciava uma conversa por mensagem e, no decorrer do bate-papo, pedia um valor em dinheiro emprestado, por Pix ou transferência bancária.

Para dar veracidade ao golpe e conseguir enganar as pessoas, os criminosos buscam informações sobre as vítimas nas redes sociais. Acreditando estar se comunicando com a filha, uma das vítimas fez, na última quinta-feira, uma transferência no valor de R$ 7.210 para a conta de um dos interantes do bando.

Vendo que o golpe tinha dado certo, no dia seguinte, os estelionatários voltaram a pedir mais dinheiro. Foi quando a vítima desconfiou e buscou ajuda na delegacia. Ela foi orientada a marcar encontro com o acusado em frente ao shopping para entregar os R$ 7,5 mil pedidos.

A pessoa alegou que precisava entregar a quantia em espécie, porque não havia mais dinheiro em sua conta bancária. Ao chegar para buscar o dinheiro, o homem acabou sendo preso.