Bocão do Povo–Veja os destaques da Política da Região dos Lagos desta Segunda – Feira (04)

ZÉ DA ENEL; BANDEIRA AZUL A VISTA; ZÉ DA FEIRA; ATO CONTRA BOLSONARO; VISITANDO ESCOLAS; PASSAPORTE DA VACINA; CAPACITAÇÃO EM BÚZIOS;

234

ZÉ DA ENEL

Na manhã desta segunda-feira (4), o prefeito de Cabo Frio, José Bonifácio, assinou um contrato de parcelamento de dívida com a Enel, distribuidora de energia elétrica que fornece para 66 municípios do estado do Rio de Janeiro. O acordo, assinado no gabinete da Prefeitura, vai possibilitar a religação de energia em prédios públicos que tiveram o serviço interrompido. As dívidas negociadas pelo prefeito José Bonifácio são do período de março de 2003 até dezembro de 2020, ou seja, de governos anteriores à atual gestão. Todas as contas de energia elétrica relativas ao ano de 2021 já estavam com o pagamento em dia. Pelo acordo firmado, a Prefeitura vai pagar uma parcela inicial no valor de R$ 692.896,38, e mais 36 parcelas do mesmo valor, que somadas dão o total de R$ 25.637.166,16. “A Prefeitura não é diferente da casa da gente. Temos de pagar as contas como qualquer pessoa. Estamos parcelando essa dívida e vamos pagá-la por completo ainda durante a nossa gestão. Com isso, firmaremos este compromisso para restabelecer a energia nos lugares que ainda estão sem luz. Hoje se inicia uma nova etapa, e tenho que agradecer à Enel, pois queremos continuar com essa parceria. Não podemos ter mais nenhum local fechado por ausência de energia elétrica”, afirmou o prefeito José Bonifácio. A distribuição da Enel contempla 398 prédios públicos em nome do município de Cabo Frio. Ainda nesta segunda-feira (4), por conta da assinatura do contrato, alguns dos locais terão a energia elétrica restabelecida. É o caso do Teatro Municipal Inah de Azevedo Mureb, no Centro; Ginásio Alfredo Barreto, no Itajuru; Ginásio Vivaldo Barreto, no Jardim Esperança, e o Estádio Correão, em São Cristóvão.

BANDEIRA AZUL A VISTA

Pelo quarto ano consecutivo, a Praia do Peró, em Cabo Frio, vai hastear a Bandeira Azul. O resultado da maior premiação global dedicada a gestão de praias, marinas e embarcações de turismo foi divulgado na última sexta-feira (1). O Júri Internacional, reunido na Dinamarca, aprovou a renovação do certificado de qualidade após avaliar as candidaturas de todos os países do hemisfério Sul para a temporada de 2021/2022. O principal objetivo do Programa é conscientizar a sociedade como um todo quanto à necessidade de proteger ambientes marinhos e costeiros, incentivando a realização de ações com foco em qualidade e proteção ambiental. Para a qualificação ao prêmio, diversos critérios são necessários, como a qualidade da água, atividades de educação ambiental, além de segurança e serviços de turismo sustentável. Todos esses critérios precisam ser comprovados anualmente. “Uma alegria imensa estarmos quatro anos seguidos com esse prêmio, com governos distintos e com muito trabalho pra manter todos os padrões. Estamos muito contentes e hoje já estamos trabalhando para seguirmos em busca da quinta premiação. Quero agradecer ao secretário de Meio Ambiente e Saneamento, Juarez Lopes, e ao adjunto de Gestão Ambiental, Diego Mureb, que foram muito importantes para essa conquista”, declarou a coordenadora da Bandeira Azul na Praia do Peró, Paloma Arias Ordiales. De acordo com o secretário de Meio Ambiente e Saneamento, Juarez Lopes, que pretende ampliar a candidatura para outros locais da cidade, a renovação da certificação é muito importante para Cabo Frio e um exemplo de continuidade, mesmo em um ano desafiador para que as praias cumprissem com todos os critérios estabelecidos pelo programa. “A renovação é motivo de muita honra e também de muita preocupação, porque traz uma responsabilidade grande, pois é o modelo de gestão de ordenamento costeiro que queremos. Essa renovação é o compromisso do modelo de praia que pretendemos, multiplicando o conceito de Bandeira Azul para outros territórios. Em breve levaremos esse modelo para outros locais do município”, afirma Juarez. A cerimônia de hasteamento será realizada entre novembro e dezembro, em data que ainda será divulgada. A bandeira ficará exposta na Praia do Peró até 1 de novembro de 2022. Ao longo dos anos, o Bandeira Azul tornou-se um rótulo ecológico altamente respeitado e reconhecido, trabalhando para reunir os setores de turismo e meio ambiente de maneira local, regional e internacional. O certificado foi criado pela FEE – Foundation for Environmental Education, que é uma instituição internacional com diversos integrantes representando seus respectivos países. No Brasil, o Operador Nacional do programa é o IAR – Instituto Ambientes em Rede, localizado em Florianópolis – SC.

ZÉ DA FEIRA

O prefeito de Cabo Frio, na Região dos Lagos, José Bonifácio (PDT), discutiu com alguns clientes nesse último domingo (03) do Mercado Municipal Sebastião Lan, localizado no bairro Jardim Caiçara. As pessoas questionavam Zé sobre o desejo dele (Zé Bonifácio) de privatizar o local. Bonifácio não aceitou os argumentos de um cliente da feira e afirmou, que o mesmo queria agitar as pessoas contra ele (Bonifácio). Uma mulher não identificada dizia: “Quem é cliente da feira não tem direito de opinar. Isso é o que o prefeito está falando, quem é cliente da feira não tem direito de opinar. Na hora de votar os clientes servem, na hora de opinar, não pode.” O chefe do executivo cabo-friense procurava falar em tom firme com os cidadãos. “Você está agitando. Você não trabalha na feira e eu não vou te responder. Vocês estão falando bobagem. Todos os dois estão falando bobagem”, falou Zé Bonifácio. O prefeito respondeu às críticas que o processo recebeu de setores da sociedade e aproveitou para ressaltar que, caso alguém não possa atender aos requisitos da empresa que assumir o Mercado, o município irá verificar possibilidades de realocação para que ninguém fique sem trabalhar. “Lá dentro, vai ter que trabalhar todos os dias. Se você não puder, a gente vai ter que encontrar outra forma de você trabalhar como feirante”, disse o prefeito, reafirmando que não pretende tirar ninguém do Mercado Municipal.

ATO CONTRA BOLSONARO

Um ato contra o governo do presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), foi realizado em Cabo Frio, na Região dos Lagos, na manhã de sábado (2), na praça Porto Rocha. A manifestação foi organizada por militantes da frente de esquerda e teve participação de movimentos sociais como o Movimento Negro e o Movimento de Mulheres. Cerca de 100 pessoas de Cabo Frio e outras cidades da Região dos Lagos estiveram no local, entre elas, representantes do governo José Bonifácio, como Davi Souza, secretário de governo, Marcos Azevedo, secretário de comunicação, a superintendente de Políticas Públicas para Mulheres, Tânia Rocha, além de Juarez Lopes, secretário de Meio Ambiente, André Carvalho, adjunto de Turismo, Esporte e Lazer em Tamoios, Marlon Barbosa, Superintendente de Juventude e Nathan Barbosa, adjunto de Governo em Ações Estratégicas.

VISITANDO ESCOLAS

O prefeito de Macaé, Welberth Rezende, visitou, nesta segunda-feira (4), quatro escolas da rede pública municipal de ensino nos bairros Ajuda de Baixo e Imburo. Ele ouviu alunos, professores, diretores e servidores de outros setores nas unidades e falou da importância das escolas serem referência nos bairros onde estão localizadas. A previsão é seguir com a agenda de visita às escolas uma vez por semana.“É importante conhecer as escolas por dentro, elas são patrimônio da cidade e quero visitar todas”, destacou o prefeito. Ele estava acompanhado do vereador Guto Garcia, representando a Câmara Municipal do Legislativo macaense; e das secretárias municipais de Educação, Eliane de Araújo, e de Educação Básica, Leandra Lopes. Eles estiveram nas escolas Elza Ibrahim, na Ajuda de Baixo; Amcorin, que fica ao lado; Laura Sueli de Campos Bacelar, no Imburo; e no Colégio Renato Martins, também na Ajuda. “Ficamos felizes com a visita do prefeito porque pudemos mostrar como é a escola e falar das nossas demandas”, disse a diretora geral da Elza Ibrahim, Kely Ferreira. A adjunta, Anita Rosa, falou da importância do espaço de informática usado para aulas de computação e videoaulas. Na Amcorin, inaugurada em outubro do ano passado, para a Educação Infantil, os alunos contam com dois playgrounds (coberto e aberto), arena, jardins e pisos temáticos que formam brincadeiras como a do trenzinho. A diretora Adriana Dantas disse que são 204 alunos, no período diurno, do maternal II ao Pré II. De lá, o prefeito seguiu para as escolas Laura Sueli e Renato Martins.

PASSAPORTE DA VACINA

A Prefeitura de Maricá obteve no Supremo Tribunal Federal (STF) importante vitória na batalha pela obrigatoriedade de apresentação do passaporte de vacinação no município. O STF suspendeu a decisão proferida no habeas corpus coletivo que cassou o decreto municipal na parte que exigia a comprovação de vacinação para ingressar em locais de uso coletivo público e privado e restabeleceu a plena eficácia do decreto nº739/2021, da Prefeitura de Maricá. Com isso, o passaporte ou carteira de vacinação digital precisa ser exibido em todo estabelecimento coletivo que tenha concentração de mais de 15 pessoas. Assim, o município mantém o compromisso de garantir a ordem, a segurança e a saúde dos maricaenses, como vem sendo feito desde o início da pandemia da Covid-19. O passaporte de vacinação será exigido em locais de uso coletivo, com 15 ou mais pessoas simultaneamente, sejam eles privados ou públicos. Só poderá frequentar esses espaços quem comprovar estar em dia com o calendário de vacinação estabelecido pela Secretaria Municipal de Saúde. O controle da entrada do público é de responsabilidade dos estabelecimentos, que precisam exigir o cumprimento das regras de distanciamento e de higiene e garantir que não haja tumulto ou aglomeração em seus acessos.

CAPACITAÇÃO EM BÚZIOS

Alexandre Martins participa do Curso de Capacitação para Resgate e Desencalhe de Cetáceos da SEAPURO prefeito Alexandre Martins participou nesta manhã (01) da abertura do Curso de Capacitação para Resgate e Desencalhe de Cetáceos promovido pela Secretaria do Ambiente, Pesca e Urbanismo (SEAPUR), no Geribá Tennis Park. A capacitação é ministrada por veterinários e biólogos especializados.O curso tem parceria com o Instituto BW e o Grupo de Estudos de Mamíferos Marinhos da Região dos Lagos, com participação de diversos servidores públicos da SEAPUR e também outras secretarias, tais como: guardas marítimos ambientais; Fiscalização Ambiental, Defesa Civil, Ordem Pública, Guarda-Vidas, Colônia dos Pescadores Z23 e Conselho Municipal do Meio Ambiente.De acordo com o prefeito a capacitação dos servidores é muito importante para uma boa gestão.“É interessante esse tipo de evento, eu sempre aprendo um pouquinho, pena que minha agenda não permite realizar o curso todo. A capacitação técnica para os servidores, faz com que a administração municipal, caminhe junto com os estudos e tecnologias avançadas”, disse Alexandre.

UNILAGOS E FAETC ADIADOS

A UERJ emitiu nota em que o Hospital Universitário em Cabo Frio (antigo Unilagos) já está com suas instalações prontas e com os profissionais em treinamento. Por esta razão, sua inauguração ficará para próxima semana, em conformidade com a agenda do governador Claudio Castro. Aproveitaremos para inaugurar a Faetec em Tamoios (Cabo Frio) na mesma data!A Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) vai inaugurar uma nova unidade de saúde na Região dos Lagos, nos próximos dias. O Hospital Universitário Reitor Hesio Cordeiro, em Cabo Frio, já está com as instalações prontas e suas equipes profissionais passarão a próxima semana em atividades de treinamento. A inauguração está prevista para a semana do dia 11 de outubro, em data a ser divulgada em breve. O Hospital Universitário Reitor Hesio Cordeiro funcionará com cerca de 50 leitos, priorizando tanto o atendimento à Covid-19 para a população da Região dos Lagos, quanto o tratamento das sequelas causadas pela doença. O hospital, anteriormente incorporado à rede privada, estava fechado desde dezembro de 2020. Uma parceria com o Governo do Estado do Rio de Janeiro possibilitou a reabertura do estabelecimento.   Para marcar a transferência da rede privada para a pública, o novo hospital presta homenagem ao médico sanitarista e ex-reitor Hesio Cordeiro, professor do Instituto de Medicina Social da Uerj (que leva seu nome) e um dos idealizadores do Sistema Único de Saúde (SUS).