Policial Federal de Cabo Frio e dois GMs de Búzios entram errados em comunidade do Rio de Janeiro e trocam tiros com criminosos

Um suspeito morreu e outro ficou baleado na ação

618

Quatro agentes de segurança, – sendo um deles um policial federal de Cabo Frio, na Região dos Lagos -, que seguiam para participarem como atores na gravação de uma série da Rede Globo, entraram por engano, na comunidade da Praia da Rosa, na Ilha do Governador, na noite desta quarta-feira (13). Houve luta corporal e confronto com traficantes da região. Um suspeito morreu e outro ficou baleado na ação. Nenhum agente ficou ferido. 

O fato ocorreu quando os profissionais, o policial federal, dois guardas civis de Búzios e um guarda civil do Rio de Janeiro, se deslocavam juntos, em direção aos estaleiros do Rio,  onde a série seria gravada. O GPS do veículo indicou a comunidade como rota e, por não conhecerem a região, os agentes seguiram o caminho. 

Logo após entrarem na comunidade foram abordados por homens que fazem a contenção do tráfico, que perceberam que os agentes estavam armados. 

Houve luta corporal e um intenso confronto, que terminou com dois acusados feridos. A dupla foi socorrida para Hospital Municipal Evandro Freire, na Ilha do Governador, mas um dos suspeitos não resistiu e morreu na unidade de saúde. 

Os agentes não se feriram e o caso foi registrado e será investigado pela Polícia Civil.