Exército esclarece vídeo sobre armamento pesado de origem Belga, que foi confundido por traficantes em Arraial do Cabo.

707

O major do exército Sidnei da comunicação social da brigada de Infantaria Pára – quedista, fez contato com a Redação do Rlagos na manhã de domingo (17), para explicar o vídeo do armamento que circulou nas redes sociais e vinculado no Rlagos que traficantes de Arraial do Cabo estariam ostentado uma arma de grande porte na Região dos Lagos.

Em nota envida para o Rlagos o Exército Brasileiro esclarece:

De 9 a 15 de outubro, a Brigada de Infantaria Pára-quedista, força de emprego estratégico do Exército Brasileiro, desencadeou seu tradicional exercício de simulação de combate, denominado Operação Saci, nas cidades de São Pedro da Aldeia, Búzios, Cabo Frio e Arraial do Cabo, no Estado do Rio de Janeiro.

O exercício, que contou com o apoio da Força Aérea Brasileira e da Marinha do Brasil, envolveu aproximadamente 2 mil militares.

Durante a atividade, militares da Brigada executaram uma ação simulada para conquistar o porto de Arraial do Cabo, ocasião em que, inadvertidamente, um dos militares tirou a foto em questão.

A Brigada lamenta a confusão criada e informa que já iniciou a apuração para verificar a eventual transgressão disciplinar do militar.